• Ceclin
mai 12, 2008 1 Comentário


Plantão de Notícias

Sem limites

A bandidagem está mais ousada a cada dia que passa, não respeitam nem as proximidades de uma Delegacia.
Os estudantes Clivandir da Silva Barros, 23, e Cleiton da Silva Barros, 20, residentes em Caiçara III relataram na Delegacia Municipal que por volta das 20:00h ao caminhar pela rua da A.A.B.B., próximo a Delegacia foram abordados por um elemento desconhecido que tomou de assalto dos mesmos um aparelho celular de marca Motorola V3 e um aparelho celular LG MP3 e a importância de R$ 20,00 em espécie. Adriana Cosma Francisca, residente no bairro do Maués comunicou na Delegacia Municipal que por volta das 18:20h caminhava em uma rua por trás da A.A.B.B. quando foi abordada por dois elementos que usavam coletes de moto-taxista e pilotavam uma moto preta de marca e placa não anotadas que anunciaram o assalto e levaram da mesma um aparelho celular, um óculos de grau, documentos pessoais e a quantia de R$ 50,00 em espécie. Reginaldo Luiz Joaquim de Santana, 28, residente no bairro Nossa Senhora do Amparo, relatou na D. P. da Vitória que foi abordado por dois elementos desconhecidos em uma moto no centro da Cidade que anunciaram o assalto e levaram do mesmo, objetos pessoais e a quantia de R$ 310,00 em espécie. O soldado do Exército Weselin Everton Santos de Andrade, 19, relatou na D. P. local que por volta das 14:00h quando caminhava pelas ruas do Alto José Leal, foi abordado por dois elementos que lhes tomaram de assalto um aparelho celular da marcas Samsung e a importância de R$ 200,00 em espécie. Já a dona de casa Deise Suely da Silva, 40, residente na Rua José Augusto Cavalcante relatou na D. P. local que estava fazendo compras em um super mercado da cidade (Palácio dos Alimentos), quando foi furtada sem perceber, o elemento levou do interior de sua bolsa um aparelho celular da marca Samsung, após perceber o furto a mesma ligou para o seu número e ainda conseguiu escutar o toque do seu aparelho próximo onde estava, mas não conseguiu recuperar o mesmo. O agricultor Paulo Gomes da Silva, 51, residente na Militrina, comunicou na D. P. de Plantão que elementos desconhecidos furtaram sem que o mesmo percebesse um cartão de crédito Visa, cartão Hipercard, cartão do Todo Dia, documentos pessoais e a importância de R$ 700,00 em espécie. A comerciante Ladjane Henrique Lourenço, 27, residente na rua Nossa Senhora do Carmo, bairro da Matriz, relatou na D.P. local que ao caminhar pelas ruas do bairro, um elemento desconhecido se aproximou e deu um bote na sua bolsa levando consigo todos seus documentos pessoais e a quantia de R$ 25,00 em espécie.

Golpe do empréstimo

O aposentado Severino Braz Ferreira, 61, residente na Rua Jardim Carioca bairro de Lídia Queiroz. relatou na D.P. Municipal que está sendo descontado todo mês em seu benefício, um valor não declarado por ele, procedente de um empréstimo requisitado ao banco BMG que o mesmo declara não ter feito ou autorizado a outras pessoas a fazer. O aposentado sem saber o que fazer cobra providências as autoridades.

Agressão perto da Delegacia

Juraneide Ramos do Nascimento, 39, residente no bairro da Matriz relatou na D.P. de Plantão, que foi violentamente agredida por um elemento apenas conhecido pelo nome de Erivaldo, que a atingiu com um soco no rosto e ainda bateu com sua cabeça por várias vezes contra a parede deixando a mesma com fortes dores na área atingida, o fato ocorreu em um estabelecimento conhecido por Bar do Padrinho, que fica a cerca de 150 metros da Delegacia Regional da Vitória.

Reportagem: Benardo Júnior.