Ceclin
dez 29, 2010 0 Comentário


Plantando a Semente

O poeta e farmacêutico Carlos Drumond de Andrade, em um dos seus poemas, verseja: “mês de agosto é mês de chuva/ mês de agosto lava a alma a mágoa”. Os supersticiosos acreditam que é o mês do desgosto. Todavia, agosto do ano prestes a findar ficará marcado de maneira especial em minha agenda, por ter nascido mais um membro da nossa família.

O nascimento de Anita Gabriela (nome escolhido pelo irmão mais velho, Paulo Rafael), embora antes da data prevista, nem por isso deixou de vir acompanhado de saúde e proliferação de alegria nos familiares e amigos. Sua chegada ao mundo foi acompanhada pelos médicos Stevam Rios, Lara, Maria José Leopoldina e Paulo Rietra, profissionais zelosos e competentes.

Embora estejamos vivendo em uma época onde os valores e o respeito ao ser humano sejam cada vez mais difíceis, o nascimento de um novo ser produz uma profunda reflexão em relação ao nosso papel em uma sociedade com as características preconizadas por Aldous Huxley. Infelizmente, a busca pelo poder e, consequentemente, o prazer em ver o semelhante como objeto da história, conduziu o chamado homem pós-moderno a assumir determinadas formas de conduta mais próximas da pré-história do que da era do ápice da tecnologia.

Sendo genitor, é meu dever alertar em relação ao que será enfrentado por você, mas não devo deixar para ti apenas uma mensagem com sentimentos franckfurtianos, já que é possível viver de forma digna e feliz.

Aprenda com o grande Mestre da Galiléia e nunca esqueça que seus ensinamentos servem de padrão a todos nós, e tenho plena convicção de que sem o Seu consentimento nenhum de nós estaríamos aqui.

Por mais avançada que esteja a ciência, ela não conseguiu presentear ao homem o que ele mais almeja, ou seja, a eternidade. Mas uma coisa posso garantir a você: enquanto eu estiver aqui na terra, você será eterna em meu coração, e, embora não tenha procuração para falar por sua genitora, suas avós e seu irmão, tenho certeza de que eles compartilham o mesmo sentimento.

Por Hely Ferreira,
Cientista político.