Ceclin
jun 15, 2010 1 Comentário


Pitú investe em ações de marketing na Copa da África

Focada em ampliar sua atuação no continente africano e reforçar sua marca no resto do mundo, onde está presente em mais de 50 países de todos os continentes, a Engarrafamento Pitú programou uma série de ações de comunicação e marketing em pontos estratégicos da África do Sul, especialmente em Joanesburgo.

Grande parte da verba de marketing de R$ 500 mil investido em ações internacionais de promoção do grupo, neste ano, foi empregada nas campanhas para o país sede do mundial de futebol.

De olho em aproveitar o fluxo de turistas do mundo inteiro no torneio, a idéia da empresa é fortalecer sua exposição no mercado internacional, que representa cerca de 8% do seu faturamento total, e impulsionar ainda mais as suas vendas no país da Copa.

– O mercado sul-africano é um importante consumidor de bebidas alcoólicas. Lá atuam as principais marcas de destilados do mundo. Por isso, queremos aumentar em 100% nossas vendas – explica Vitória Cavalcanti, diretora de mercado externo da empresa.

Hoje, a África do Sul representa aproximadamente 2% do total das exportações da Pitú. A indústria de cachaça, localizada em Vitória de Santo Antão (Pernambuco), atua no país sul-africano desde 2004, com distribuição pela LiquorCity, e está presente em 150 lojas de todo o país.

As ações da empresa na África do Sul começaram desde o início do ano. Além das degustações da cachaça feitas nos bares e restaurantes conveniados, a marca também investe na participação em eventos locais.

– No começo de maio, participamos da Lusito Land, que é uma das maiores festas de rua do país, atraiu cerca de 160 mil pessoas, e onde muitas empresas aproveitam para divulgar seu produto – afirma a diretora.

Na recepção do hotel Southern Sun, onde está hospedada a seleção sul-africana, a empresa promove o Welcome Drinks, dando as boas-vindas aos hóspedes com drinques elaborados com a cachaça.

O sucesso da ação é tão grande que a rede hoteleira encomendou, no regime de comodato, 20 “Piturinhas” – máquina de preparar caipirinha -, para suas outras unidades no país. Já no hotel Fairway, QG da seleção canarinha, a bebida está disponível no bar, além de ter sido a oferecida como Welcome Drinks em eventos, no dia em que a delegação brasileira chegou ao local.
Outra medida encabeçada pela indústria é a participação nas festas oficiais da Embaixada do Brasil, em Pretória. Ainda durante a Copa, a Pitú participará da Casa Brasil, feira promovida pela Apex e Embratur e que mostrará os produtos brasileiros aos africanos durante os dias de competição.

Para o torneio, o envio de bebida para a África do Sul, que compra em média 10 mil garrafas por ano, também foi reforçado. Só para o período de Copa, a Pitú Internacional enviou mais de seis mil garrafas.

A empresa ainda mantém um blog (www.pitubrazil.com/blog) direto da capital sul-africana com notícias dos bastidores do mundial.

Com informações Monitor Mercantil