Ceclin
jan 09, 2023 0 Comentário


PITÚ é certificada como Marca de Alto Renome pelo INPI

Cachaça pernambucana é uma das mais consumidas no Brasil e líder em exportação do produto

A Engarrafamento PITÚ, indústria pernambucana que há 85 anos fabrica uma das cachaças mais consumidas do Brasil, e que também é líder em exportação do produto, foi certificada pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) como uma “Marca de Alto Renome”. Para alcançar esse status, a PITÚ comprovou três critérios definidos pelo instituto, sendo eles o reconhecimento da marca por ampla parcela do público brasileiro; a qualidade, a reputação e o prestígio associado à marca e aos produtos; e o grau de distintividade e exclusividade da cachaça no mercado.

A empresa apresentou inúmeros documentos ao INPI contendo dados como: i) valores investidos em publicidade; ii) amplitude e alcance comercial da marca; iii) premiações recebidas ao longo dos anos atestando a qualidade de sua cachaça; iv) matérias e artigos demonstrando a notoriedade e prestígio associados à marca PITÚ; e v) ações costumeiramente tomadas contra a tentativa de registro como marca e o uso indevido do termo PITÚ por terceiros não relacionados com a empresa.

Para demonstrar o reconhecimento da marca por ampla parcela da população brasileira, assim como comprovar os atributos de notoriedade, qualidade, reputação e prestígio, a PITÚ apresentou pesquisas de mercado realizadas pelo Instituto DataFolha. Os dados mostram que a maioria dos entrevistados concorda com todos os atributos: tradição, solidez, boa reputação, prestígio, confiança e qualidade da marca. Também foram apresentadas diversas premiações recebidas ao longo dos anos em concursos nacionais e internacionais.

“O contínuo investimento nos processos para manter e aprimorar a qualidade de suas bebidas, somados ao constante e maciço trabalho de divulgação e distribuição da Pitú ao longo dos anos, certamente, contribuíram para que a marca atingisse esse elevado grau de reconhecimento pelos brasileiros, o que foi fundamental para a conquista do status de Marca de Alto Renome.”, comenta Maria Eduarda Ferrer, gerente de marketing da PITÚ.

Na prática, a proteção em todos os ramos de atividade conferida pelo Alto Renome visa impedir tentativas de apropriação da marca por terceiros, sendo uma importante ferramenta para proteger a unicidade da marca e, consequentemente, possibilitar o aumento do seu valor de mercado. Algumas das marcas consideradas mais valiosas do mundo, tais como COCA-COLA, TWITTER, GOOGLE, FACEBOOK, NIKE, ROLEX, VISA e BMW, possuem o Alto Renome reconhecido pelo INPI. Dentre as brasileiras, podemos citar como exemplo PETROBRAS, VIVO, ITAÚ e NATURA.

Com a decisão, a marca PITÚ passa a contar com a proteção especial assegurada pelo art. 125 da Lei de Propriedade Industrial. Isso significa que a proteção da marca se estende a todos os ramos de atividade e não apenas a bebidas alcoólicas. O certificado de Marca de Alto Renome da marca PITÚ é válido pelos próximos dez anos e poderá ser renovado mediante a apresentação de provas atualizadas.

Sobre a Engarrafamento PITÚ – A PITÚ está em sua quarta geração de gestores e mantém investimentos contínuos em inovação tecnológica, programas de sustentabilidade e ações de marketing que garantem a qualidade do produto e refletem no posicionamento da marca diante do segmento. A cachaça pernambucana se mantém entre as 20 marcas de bebidas destiladas mais produzidas no mundo e é a líder absoluta em exportação do produto.

A PITÚ é uma aguardente de cana pura, transparente, de sabor marcante e teor alcoólico de 40%. O produto é comercializado em garrafas retornáveis de 600 ml, garrafas de 965 ml e latas de alumínio com 350 ml, 473 ml, 710 ml, além das envelhecidas Premium – Pitú Gold e Extra Premium – e a Vitoriosa. A Pitú tem, ainda, em seu portfólio, a bebida mista de cachaça com limão – Pitu Limão, a bebida alcoólica mista à base de noz de cola – Pitú Cola e a vodka Bolvana.