Ceclin
jun 05, 2008 2 Comentários


PITÚ, 70 ANOS – ORGULHO VITORIENSE!

Homenageada pela Câmara Municipal, o Vereador Décio Filho reforça neste artigo a Empresa PITU, nos seus 70 anos de fundação.
A noite de quatro de junho de dois mil e oito, definitivamente, ficará marcada como um momento especial nas minhas lembranças. A Câmara Municipal da Vitória de Santo Antão, numa iniciativa muito feliz do colega Vereador Manoel de Holanda, autor do Requerimento, o qual fora aprovado pela unanimidade dos Membros da Casa, homenageou os setenta anos da PITÚ, um dos maiores símbolos desta Terra das Tabocas.
Encaro a homenageada como uma senhora de espírito jovem e moderno, totalmente adaptada a este nosso mundo globalizado, com as suas inovações tecnológicas, científicas, etc. Não mais uma indústria de aguardente mas sim uma empresa de bebidas (das mais variadas, desde o próprio aguardente, passando pela vodka, pela catuaba, etc.). Imagino a luta diária, intermitente, travada por todos que a compõem para que a PITÚ pudesse alcançar o estágio que alcançou. Ninguém nem nada se estabelece “da noite para o dia”.
Empresa que serve de referência a tantas outras empresas de bebidas por este País afora. Empresa que dispõe, entre outras coisas, de um laboratório considerado um dos mais modernos do Brasil e que desenvolve os seus produtos sem esquecer da indiscutível necessidade de se preservar o meio-ambiente (tratando os resíduos industriais e removendo os materiais passíveis de reciclagem). Empresa que gera empregos para o seu povo. Uma verdadeira Empresa-Cidadã estabelecida em um País em que Cidadania é um valor que muitas vezes fica restrito a um pedaço de papel. A PITÚ fez, faz e tenho certeza, sempre estará fazendo a sua parte, servindo à Vitória, à Pernambuco e ao Brasil nos seus aspectos sociais, econômicos, ecológicos, etc.
Mas, caros leitores, o significado da PITÚ para Vitória de Santo Antão extrapola todos os conceitos que possam envolver uma grande empresa ou o seu sucesso; ela é um Símbolo, e mais ainda, uma Identidade da nossa Terra……ao saboreá-la, nós, vitorienses, não provamos apenas uma bebida de qualidade, gostosa, mas também podemos sentir Vitória de Santo Antão em seu estado líquido……visualizar, mesmo que por um instante, o Monte das Tabocas, a nossa Praça do Livramento, enfim, PITÚ e Vitória de Santo Antão são indissociáveis. E a PITÚ sempre, sempre levou Vitória em seu coração, desde o primeiro slogan que dizia: “Na indústria pernambucana, o “V” da Vitória está. Nesta, aguardente de cana igual a PITÚ não há”.
É do conhecimento de todos que a PITÚ é uma grande família e que tem a característica de ser formada por figuras exponenciais, pessoas que foram e que são exemplos de honradez, dignidade, enfim, não apenas exemplos de sucesso, mas, sobretudo, homens de bem. É o caso dos Fundadores, os Srs. Joel Cândido, Severino Ferrer de Morais e José Ferrer de Morais. Como também é o caso dos Srs. Elmo Cândido Carneiro, José Augusto Ferrer de Morais, Severino Cândido Carneiro, Aluísio Ferrer de Morais, Paulo Ferrer de Morais e Alexandre Ferrer de Morais, dentre outros. A família é a base de toda e qualquer sociedade. Uma grande obra não pode deixar de possuir uma base sólida e a PITÚ possui essa base a partir do momento em que foi constituída por uma família idônea e de caráter ilibado.
Finalizando, gostaria de ressaltar o atual slogan da empresa: “Mania de Brasileiro”. A PITÚ representa e traduz fielmente o espírito alegre e festivo do brasileiro e nenhuma campanha retrataria melhor o fato de o nosso povo trazer a PITÚ como uma de suas manias. Por outro lado, a mania do vitoriense é não só beber PITÚ mas, antes disso, trazê-la em seu coração, pois a PITÚ, há setenta anos, leva Vitória de Santo Antão em seu peito esquerdo. De parabéns a Casa do povo vitoriense, na pessoa do seu Presidente José Geraldo e de parabéns este orgulho chamado PITÚ.

Décio Canuto dos Anjos Filho
VEREADOR – PSB.