• Ceclin
nov 12, 2014 0 Comentário


Pesquisa aponta péssimas condições de estradas em Pernambuco

A nova pesquisa sobre as estradas brasileiras, incluindo 28 no estado, atesta uma certeza dos pernambucanos. A de que as condições das rodovias por aqui são, no mínimo, sofríveis. Em alguns exemplos, aproveitando a classificação adotada pelo estudo CNT de Rodovias 2014, cabe bem o título é de “péssimas”. E “péssimas” em todos os aspectos avaliados, ou seja, estado geral, pavimento, sinalização e geometria.

Na PE-082, na Mata Norte, e na PE-275, no Sertão do Pajeú, a aplicação da pior das classificações é inquestionável pela buraqueira e pela má qualidade da sinalização encontradas. As rodovias estaduais, embora tenham sido 19,83% da malha avaliada, apresentaram índice de ruim e péssimo mais de três vezes superior ao das rodovidas federais. Em uma espécie de placar, os números seriam de 68,4% versus 21,0%. Se o menor percentual é indicativo de muito trabalho para o governo federal, o maior acende a luz vermelha ao governo do estado.

Com informações do Diário de Pernambuco.