• Ceclin
dez 31, 2015 0 Comentário


Pernambuco: PF divulga balanço do ano

156 Kg de pasta base e 614 Kg de cocaína foram apreendidos

156 Kg de pasta base e 614 Kg de cocaína foram apreendidos

A Polícia Federal divulgou um balanço sobre as atividades realizadas em 2015: operações de grande e médio porte, destruição de plantios de maconha e apreensão de drogas, apreensão de notas falsas, campanha do desarmamento, combate a pedofilia e contrabando. Entre os dados apresentados, o Sertão pernambucano continua sendo o local escolhido por organizações criminosas para o plantio de maconha. Neste ano, 806 mil pés da planta foram erradicados pela PF, em conjunto com a Polícia Militar de Pernambuco. A quantidade seria capaz de produzir 268 toneladas da droga. 547 quilogramas de maconha pronta também foram apreendidas nas quatro operações realizadas neste período.

Já em 2014, 1.290 milhão de pés foram destruídos, também na região sertaneja do Estado, o que produziria 430 toneladas do entorpecente. Estavam prontos para consumo 4,113 toneladas do produto ilícito. Em 2013, 719 mil pés foram destruídos no Sertão. Foram detidas 34 pessoas por envolvimento no tráfico de drogas em 2015. Além disso, foram recolhidos 862 Kg de maconha, 156 Kg de pasta base e 614 Kg de cocaína; 28 Kg de crack; e 47 Kg quilos de manitol. No ano anterior, 35 pessoas foram presas pelo mesmo crime. 2,220 toneladas de maconha, 144 Kg de pasta base e 44 kg de cocaína; 12 Kg de crack; 31 Kg de haxixe; e 9 mil comprimidos de artane foram apreendidos.

Em 2015, foram deflagradas 21 operações de grande, médio e pequeno portes, que ocasionara na prisão de 16 pessoas (preventiva e temporariamente). Além disso, foram cumpridos 73 mandados de busca e apreensão e executadas 61 conduções coercitivas. O número de pessoas detidas foi menor do que em 2014: 112. Foram executadas 80 conduções coercitivas, cumpridos 110 mandados, e 20 operações foram realizadas naquele ano. R$ 16.045 em notas falsas foram retirados de circulação pela Polícia Federal neste ano, enquanto, no anterior, a quantia foi equivalente a R$ 11.441. Em 2013, o valor foi de R$ 59.805. Foram presas 11, 12 e sete suspeitos, respectivamente. Entre os dias 14 de maio de 2011 até o dia 22 de novembro de 2015, a campanha do desarmamento recebeu 8.841 armas de fogo e 16.051 munições.

Pedofilia

O combate à pedofilia é constante para a PF. Em 2015, a instituição deflagrou sete operações, houve quatro prisões em flagrante e 25 suspeitos permanecem em investigação. No Estado, 14 cidades foram registradas com pornografia infantil. De 2013 a 2014, houve 11 operações, sete pessoas foram presas e 21 permanecem sendo investigadas.

Folha/PE