Ceclin
fev 08, 2011 1 Comentário


Pernambuco deve promover mutirão inédito para sanar dívidas de idosos

Pernambuco.com

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-PE), em parceria com a Defensoria Pública de Pernambuco, realiza nesta terça-feira (8), às 11h, uma reunião com o objetivo de promover um grande mutirão de conciliação judicial e extrajudicial para solucionar conflitos envolvendo idosos e instituições financeiras.
O objetivo é reduzir o alto nível de endividamento deste público, permitindo que eles possam voltar a receber a integralidade de seus rendimentos e recuperar o acesso ao crédito.

Para o presidente da OAB-PE, Henrique Mariano, o endividamento dos idosos ocorre principalmente por conta da facilidade na obtenção de empréstimos consignados. “A consequência é que, hoje, boa parte da renda dos idosos está comprometida com o pagamento destas prestações”, alerta Mariano.

Para a reunião, foram convidados representantes da Federação Nacional dos Bancos (Febraban), Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), juizados especiais cíveis, bancos Itaú, Bradesco, Santander, HSBC, Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, Ministério Público de Pernambuco, Procon, Adecon e também os escritórios que atuam na área financeira.

De acordo com a defensora pública e membro das comissões de Direito do Consumidor e do Idoso da OAB-PE, Cristina Sakaki, a maioria das instituições já confirmou presença no encontro. “Nessa reunião preparatória, vamos acertar os detalhes da realização do mutirão, que deverá ser o primeiro deste tipo no país voltado apenas para os idosos”, conclui o presidente da OAB-PE.