• Ceclin
jan 20, 2011 1 Comentário


Pedro Simon: ”Nasci para ser pobre”

do Blog do Inaldo Sampaio

[Por: Érika Castañeda]


O senador gaúcho Pedro Simon (PMDB) pediu, vai receber e se diz contra a aposentadoria especial por ter governado o Rio Grande do Sul. Conhecido como um político “franciscano”, que não acumulou bens durante a carreira, o senador vai receber aposentadoria de R$ 24,1 mil. Ele solicitou o benefício em novembro do ano passado, 20 anos depois de deixar o cargo de governador do Rio Grande do Sul. Detalhe: disse que só pediu por absoluta necessidade.
Ele afirma que decidiu receber a aposentadoria porque o salário de senador estava ficando aquém das suas necessidades, por causa dos seus gastos pessoais e com a família. O senador não recebe a verba indenizatória do Senado, de R$ 18 mil, ficando com o salário de R$ 16 mil. Ele diz que, caso saia do Senado, vai ter de procurar uma casa para morar. Segundo o senador, ele não tem casa própria. “Não tenho absolutamente nada e vivo da política”, disse numa entrevista.
Simon acredita que a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) sairá vitoriosa da ação no Supremo Tribunal Federal (STF), que tenta abolir a aposentadoria especial. Motivo? Destino. “Nasci para ser pobre”, afirma o senador. “A aposentadoria durou até eu começar a receber”.