Ceclin
jan 16, 2019 0 Comentário


PE registra seis municípios e um distrito sem homicídios em 2018

No recorte de dezembro, 92 municípios e Fernando de Noronha não tiveram nenhum Crime Violento Letal Intencional (CVLI). Foto: Rafael Furtado/Arquivo Folha

No recorte de dezembro, 92 municípios e Fernando de Noronha não tiveram nenhum Crime Violento Letal Intencional (CVLI). Foto: Rafael Furtado/Arquivo Folha

Nenhum homicídio foi registrado em seis municípios e um distrito de Pernambuco em todo o ano de 2018. O resultado faz parte do balanço do Pacto pela Vida apresentando na terça-feira (15/01) pela Secretaria de Defesa Social (SDS). Segundo o boletim, as cidades de Brejinho, Calumbi, Quixaba, Santa Cruz e Serrita – todas no Sertão – e Salgadinho – no Agreste -, além do arquipélago de Fernando de Noronha, não contabilizaram nenhuma morte violenta no ano.

No recorte de dezembro, que é o 13º mês seguido de queda nas estatísticas, 92 municípios e Noronha não tiveram nenhum Crime Violento Letal Intencional (CVLI). O arquipélago, inclusive, não tem um homicídio desde 2009.

Outras cidades, aponta o balanço da SDS, também se destacaram na redução dos homicídios. A cidade de Bodocó, no Sertão, encerrou o ano com 86% menos assassinatos: de 14 em 2017 para duas em 2018. João Alfredo, no Agreste, contabilizou queda de 83%: de 12 para duas mortes.

Números totais

O número total de homicídios no Estado em 2018 caiu 23,2% em relação ao registrado em 2017. O boletim mostra que houve 4.166 homicídios no ano passado contra 5.427 no ano anterior. A queda é a mais expressiva desde a criação do Pacto pela Vida, em 2007.

Cidades com mais mortes violentas

O balanço da SDS também mostra quais são as cidades com mais mortes violentas no Estado em 2018. O Recife é o primeiro do ranking, com 600 assassinatos no último ano. Mesmo alto, o número é 24,15% menor que o de 2017, quando foram contabilizadas 791 ocorrências na Capital.

Na sequência, aparecem as cidades de Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife (RMR) com 317 homicídios; Cabo de Santo Agostinho, também na RMR, com 184 CVLIs; Caruaru, no Agreste, com 169 mortes violentas; e Olinda, na RMR, com 158 assassinatos.

Folha PE