Ceclin
jul 29, 2016 0 Comentário


“Paulo e Ozias vão continuar meu governo”, aposta Elias Lira, prefeito de Vitória


Elias Lira 2016 O trecho do discurso de Paulo Roberto (P. érre) resume o discurso de continuidade dos mandatos de Elias Lira (PSD) adotado pelos pessedistas. Durante convenção partidária, no domingo (24), na quadra do Colégio 03 de Agosto, a candidatura do empresário e do advogado Ozias Valentim (PSD), foi oficializada para a disputa pela Prefeitura da Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata.

Acompanhado do seu candidato a vice, do prefeito Elias Lira, do deputado estadual Joaquim Lira, todos do PSD, fizeram parte de um espetáculo com um público apático e cético, parte lotada na administração pública, para assistir a uma decisão que dependia unicamente de um homem: o atual prefeito, que sempre manteve um perfil avesso a discussão coletiva. Nesta decisão monocrática, capitaneada pelo dono do PSD, outros 11 partidos, que não participaram desta definição, completam a chapa, a saber: PMDB, DEM, PSDB, PPS, PRB, PSDC, PCdoB, PEN, PMB, PDT e PTN.

Nesta disputa eleitoral, o que você eleitor poderia esperar como novidade ? Aos poucos, parece que o eleitorado vitoriense vai afunilando naturalmente a discussão entre dois eixos: voltar ao passado com a pré-candidatura de Aglailson Júnior e Paulo Roberto e ou apostar na mudança e avaliar as propostas dos novos.

 

 CONFIRA ANÁLISE DO BLOGUEIRO: Convenção do PSD oficializou “tarefeiros” para garantir a rotatividade de dois grupos na Prefeitura de Vitória