• Ceclin
mai 23, 2019 0 Comentário


Pai é baleado ao tentar evitar assassinato de filho em Gravatá

Na noite da quarta-feira (22/5), um jovem de 17 anos identificado como Vinícius Carlos da Silva foi alvejado com vários disparos de pistola e morreu próximo a casa onde morava, no Loteamento Porta Florada, em Gravatá, no Agreste. O pai dele, Sebastião Carlos da Silva, de 48 anos, presenciou o crime e foi ao encontro dos dois algozes a fim de defendê-lo com um facão, porém acabou baleado na cabeça e tórax. A Polícia Militar isolou o local e acionou a equipe da Delegacia de Gravatá, que até o momento não dispõe de informações quanto a motivação e nem autoria desse crime. O corpo de Vinícius seguiu para o Instituto de Medicina Legal (IML), de Caruaru, também no Agreste.

Já Sebastião foi socorrido para o Hospital Dr. Paulo da Veiga Pessoa e depois transferido para o Hospital Regional do Agreste (HRA), em Caruaru, contudo, na manhã desta quinta (23), ele não resistiu e veio a óbito.

Segundo o Blog do Matuto, com essas mortes, o número de homicídios em Gravatá chega ao 19º em 2019, e 4º apenas neste mês de maio.

OUTROS HOMICÍDIOS

O crime de morte anterior ao de ontem foi registrado no dia 07 de maio, vitimando José Augusto Ferreira de Paula, 20 anos. Ele foi assassinado com tiros de revólver no Bairro Novo, em Gravatá, que atingiram seu tórax.

Outro caso que ganhou forte repercussão na região se deu no ultimo dia 06 de maio, quando Maria Luísa da Silva Ferreira, 18 anos, foi encontrada morta dentro de um Motel de Gravatá. No outro dia, a ROCAM de Bezerros conseguiu localizar e prender o acusado desse assassinato.  O suspeito conhecido como “Lau”, 42 anos, confessou o crime, relatando que após uma discussão com a jovem pegou uma toalha e enrolou no pescoço matando a mulher.