Ceclin
jul 11, 2014 0 Comentário


Ouvidoria Itinerante da Câmara começa atuar nos bairros da Vitória de Santo Antão

Uma série de atividades está sendo promovida pela Ouvidoria Itinerante da Câmara de Vereadores da Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata. A primeira ocorreu no último dia 20 de junho na Comunidade do Cajueiro atendendo cerca de 300 pessoas e a segunda acontece durante toda a manhã desta sexta-feira (11/07), no Bairro do Irã, área urbana de Vitória. A agenda pretende atingir 16 bairros da cidade nas próximas semanas e a equipe é composta por 20 integrantes, objetivando aproximar-se da população.

A Ouvidoria Itinerante busca pautar os principais problemas das comunidades e atender aos interesses da população vitoriense. Para isso, os representantes da Câmara de Vereadores da Vitória montaram um estande composto de notebooks, tablets e demais equipamentos eletrônicos para registrar as reivindicações surgidas durante a ação.

Vários problemas urbanos começam a se destacar na atividade, a exemplo da questão da Segurança, esgotos a céu aberto, fornecimento de água precário por parte da COMPESA, ausência de creches, paradas de ônibus e insuficiente assistência no Posto Médico.

A Ouvidoria conta com a supervisão do Presidente da Câmara Prof. Edmo Neves (PMN), que ouviu de perto os populares e ajudou a prestar esclarecimentos, se prontificando a encaminhar os problemas apontados pelas pessoas que procuravam o estande itinerante. Está sendo utilizado um aplicativo específico para esta Ouvidoria Cidadã, que é uma plataforma que mapeia os problemas da cidade sob o ponto de vista do cidadão. “A ação tem tido resultados positivos e outros bairros começaram a cobrar nossa presença. Em Cajueiro, por exemplo, conseguimos assegurar junto aos Correios o serviço postal que não tinha na localidade, beneficiando cerca de 3 mil pessoas”, pontuou o Ouvidor da Câmara Helder Sóstenes.

As demandas são encaminhadas para os gabinetes dos Vereadores, que poderão utilizar-se dos meios legítimos junto ao Legislativo para viabilizar as melhorias exigidas pela população, a exemplo de expedir Requerimentos, visitar órgãos públicos, dar início a projetos de Lei e liderar uma forte articulação política. “Por não ter atribuições executivas, o Vereador não pode dar ordens de serviço, tampouco dar prazos, mas podemos estar ao lado do povo, nas suas demandas. Afinal, foi para isso que fomos eleitos, para representar o cidadão”, enfatiza o Prof. Edmo Neves.

SERVIÇO:

Telefone – 0800 081 4369 (Expediente das 7h às 13h)

Portal – http://ouvidoria.camaradavitoria.pe.gov.br/camara

Presencialmente – Câmara Municipal da Vitória, Praça 3 de agosto, nº 72, Livramento.

Aplicativo – OUVIDORIA CIDADÃ, na loja do Google Play, para celular ou tablet android.