• Ceclin
dez 16, 2009 3 Comentários


Os Verdadeiros Amantes da Cultura Vitoriense

Nós que representamos o Município da Vitória de Santo Antão na II Conferência Estadual de Cultura de Pernambuco que aconteceu entre os dias 08, 09 e 10 de dezembro na cidade do Recife, vimos por esta Nota colocar nossa indignação pelos fatos ocorridos.

É lamentável a forma que a Prefeitura da Vitória de Santo Antão tratou os seus representantes tanto da sociedade civil quanto do Governo, tratando de forma não tão importante para o Município. Porém existe uma pessoa chamada Hérika Araújo, Coordenadora de Cultura da Secretaria de Cultura, Turismo e Esporte da Prefeitura local que se empenhou para conseguir uma Kombi da Secretaria de Saúde, que por sinal, a Kombi foi cedida sem motorista, graças ao amigo Kaká, que se dispôs a conduzir a Kombi durante os dias da Conferência, conseguimos resolver um dos problemas, porém a Kombi ainda foi cedida sem combustível durante o segundo dia, os participantes da Conferência tiveram que colocar combustível no veículo (doado pela própria Herika), observando-se os horários da Conferência, que era no primeiro dia às 18h. Ocorreu tudo bem, mas no segundo dia a Kombi que era para ser liberada às 7h. e está lá às 8h. só foi liberada as 10h. contudo sem combustível, como já citado acima.

A participação da nossa cidade foi expressiva desde a Conferência Municipal até a Conferência Estadual, garantimos uma representação de sete delegados na etapa estadual e ainda elegemos um para a etapa nacional da Conferência.
Com muito esforço e garra da bancada da sociedade civil, já que o governo teve três delegados de direito, mas só participaram dois: a Herika e o Beto do Pró Asfalto. Tivemos participação importante nesta Conferência, pelo qual colocamos a demanda cultural do nosso Município e travamos as nossas principais bandeiras expondo nossa opinião.

O sentimento nativista floriu de tal forma que fomos percursores das grandes discussões da Conferência de Cultura, colocamos a bandeira de Tabocas no mais alto ponto da cultura pernambucana. O Estado ouviu Vitória de Santo Antão, porém pedimos ao governo municipal maior compreensão aos seus representantes nas Conferências por aí a fora, que trate-os com respeito e atenda as necessidades dos verdadeiros representantes deste Município.


São eles os guerreiros/representantes da Cultura de Tabocas:

Alexandre Rogério- ADVISA.
Gilberto Claudino Júnior- DCE-FACOL/ UJS – VITÒRIA.
Cleiton Santiago- À Cia dos 10.
Denis Anderson- Centro das Mulheres.
André Santinho- Grupo de Capoeira Origem Negra
Leonardo Edardna- Comissão Regional. (Bad Léo)
José Emanuel- Comissão Regional. (Emano Versone).

Herika Araújo (Coordenadora de Cultura da Cidade).
Beto do Pró Asfalto (Sub Prefeito do Distrito de Pirituba).

“A todos que lutam pela cultura nossos aplausos e compreensão”.


Por Gilberto Júnior e
Alexandre Rogério.