Ceclin
ago 25, 2008 1 Comentário


Operação Vitória sem Drogas da PM vai às escolas estaduais

Moradores da Vitória de Santo Antão receberam orientações da Polícia Militar sobre o perigo que as drogas representam nesta segunda-feira (25). A Solenidade de Abertura da Campanha “Vitória sem drogas” ocorreu na Esc. Amélia Coelho. O trabalho de conscientização faz parte da operação Vitória sem Drogas e deve se estender no município até a próxima sexta-feira (29), quando mais de 80 palestras serão ministradas na rede de ensino do Município.
Algumas equipes de policiais percorreram as ruas e revistaram moradores. Outras foram às escolas públicas da cidade para outro tipo de abordagem: a conscientização. Grupos de militares promoveram palestras e orientações sobre o combate aos entorpecentes. “É preciso que toda a sociedade se envolva nessa tarefa fazendo com que a família, a escola seja um espaço, realmente, de discussões dessa problemática”, disse a secretária executiva da Secretaria de Educação do Estado, Aída Monteiro.
A operação mobilizou comerciantes, delegados, Ministério Público, Justiça, quase 50 entidades em torno da causa. “As drogas, como sabemos, tem uma importância fundamental na destruição dos processos de integração que terminam com o alto índice de violência, que leva Vitória e outras cidades da região, a um vergonhoso índice para o País. Um índice que não é desejável para qualquer País”, afirmou o juiz Breno Duarte.
O trabalho resultou na prisão de seis traficantes. Com eles, foram apreendidos 200 quilos de maconha e cem pedras de crack. “Nós queremos guardar o jovem com ações preventivas para evitar que eles cheguem ao sistema prisional. Então, essas ações são de fundamental importância para que possamos proporcionar uma melhor qualidade de vida para a sociedade vitoriense”, disse o comandante do 21º Batalhão da PM, o tenente-coronel Alexandre de Souza.

Com informações do pe360graus.com