Ceclin
abr 26, 2022 0 Comentário


Operação Longa Permanência identifica irregularidades em instituição para pessoas idosas em Pernambuco

Medicamentos, produtos de limpeza e alimentos vencidos, piscina e banheiros sem manutenção foram algumas das diversas irregularidades encontradas durante a Operação Longa Permanência, realizada pela Secretaria de Justiça e Direitos Humanos de Pernambuco (SJDH), por meio de sua Executiva de Direitos Humanos (SEDH), nesta terça-feira (26.04).

A ação – que contou com a participação de representantes do Centro Integrado de Atenção e Prevenção à Violência Contra a Pessoa Idosa (CIAPPI), Procon/PE, Mecanismo Estadual de Prevenção e Combate à Tortura e Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária (Apevisa) – foi realizada em uma Instituição de Longa Permanência para Idosos (ILPI), localizada no bairro de Piedade, em Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife (RMR).

Diante das irregularidades e após a fiscalização, o Procon/PE autuou a ILPI e multará a instituição no valor que varia de R$ 1,000.00 a 1,000,000.00, além disso será gerada uma notificação para que diretores da instituição prestem esclarecimentos. Já por parte da Apevisa, será elaborado um relatório técnico para que sejam tomadas as medidas cabíveis. Na ILPI, residem 21 pessoas idosas, sendo sete homens e 14 mulheres, com idade entre 60 e 90 anos.

Para realizar denúncia de violações contra pessoas idosas, qualquer pessoa pode entrar em contato pelo telefone (81) 3182-7649 ou pelo e-mail ciappi2016@gmail.com, no horário das 8h às 17h.