Ceclin
jun 29, 2010 6 Comentários


O acesso à Universidade no Reservatório

do Blog Revista Fragmentos

Triste é o acesso à Universidade (CAV/UFPE) no Alto do Reservatório.
Vejo alunas ladeadas por prostitutas, no pé da ladeira, às margens da BR, como se nada estivesse acontecendo. Aquele trecho de BR já foi palco de atropelamento, assalto e crime de morte em Vitória de Santo Antão.

Conheço aquilo desde o antigo Bar de Valter Veras e Maria Elísia, na década de 70, passando posteriormente por Zé de Bindinho, onde Maria de Jau dava espetáculo, dançando e esfregando a mão na cara dos marmanjos mais afoitos.
Ali não é lugar de meninas de bom pedigree, fantasiadas de estudante, com livros e cadernos debaixo das axilas.

Sem preconceito, o local é de Rebolation e trottoir de mulher da vida; lugar de requebrar as cadeiras, bebericar e fazer neném a dinheiro. Oxalá não aconteça uma tragédia. Depois não me digam: Santo Antônio me enganou!

Promíscuo abraço!

Sosígenes Bittencourt.