Ceclin
out 29, 2014 0 Comentário


Número de mulheres eleitas diminui no Brasil

52,1% do eleitorado brasileiro é de mulheres, o que equivale a 74,2 milhões de pessoas Foto: ABr

NE10

No mesmo ano em que a primeira mulher eleita presidente, Dilma Rousseff (PT), se reelegeu, feito também inédito, o Brasil vive a diminuição no número de mulheres nos poderes executivo e legislativo. Pela primeira vez em 16 anos, apenas um Estado tem uma representante do gênero como governadora – Roraima elegeu Suely Campos (PP) no segundo turno. Além disso, enquanto foram eleitas 51 deputadas federais em 2010, hoje são 45. De 132 deputadas estaduais, a soma das assembleias legislativas do País passou para 120.

Pernambuco teve um ganho a nível estadual e uma perda na bancada federal. Ana Arraes (PSB) e Luciana Santos (PC do B) foram votadas para a Câmara dos Deputados há quatro anos, mas, a mãe do ex-governador Eduardo Campos se tornou ministra do Tribunal de Contas da União no meio do mandato e a ex-prefeita de Olinda irá voltar a tomar posse sozinha em Brasília no próximo ano.

Saiba mais AQUI.