Ceclin
jan 05, 2021 0 Comentário


Novo Prefeito de Moreno definirá ações para os primeiros 100 dias

No foco estão obras inacabadas e demandas da Saúde e Educação

Desde o primeiro dia do ano, o prefeito recém empossado de Moreno (RMR), Edmilson Cupertino (PSB), vem reunindo a equipe para fechar as metas dos 100 primeiros dias de mandato. No foco do gestor estão as obras paralisadas desde 2020. Ele vem percorrendo as secretarias verificando a situação de como foram deixadas as pastas do Município. Uma delas foi a de Saúde, onde foram encontrados produtos vencidos, EPIs estocados e ambulâncias abandonadas.

No caso dos veículos, Edmilson afirmou que eles poderão ser recuperados e em poucos dias voltarão a servir a população. Um deles é do SAMU rural, que tem tração nas 4 rodas. “Moreno tem uma extensa área rural e esse tipo de veículo é ideal para atender quem mora nessa localidade. Esses carros vão passar por manutenção para voltar ao trabalho” disse.

Outra frente de trabalho são as obras inacabadas, que são frutos de convênios com a Caixa, que giram em torno de R$ 10 milhões. A intensão do gestor é de entregar pelo menos três dessas obras até abril. “Estamos analisando como está cada convênio. São ruas, praças e outros equipamentos públicos que deveriam ter sido concluídos desde o ano passado. Montamos um grupo de trabalho para resolver o que tiver que ser resolvido para que as obras voltem e sejam concluídas”, explicou. “As obras paradas deixadas pelo governo anterior serão retomadas. Vamos entregar todas elas. Se não concluirmos, quem perde é a população”, completou.

Edmilson disse ainda que vai atrás do Estado para resolver a situação da obra da barragem do Engenho Pereira. O empreendimento teve suas obras iniciadas em 2013, mas um ano depois foi paralisada por questões burocráticas com a União. Moreno passa hoje por uma severa programação de racionamento de água, onde algumas localidades estão com as torneiras vazias desde novembro passado.

Edmilson ainda disse que a equipe está empenhada para resolver os problemas e atender a população. Ele lembrou que o time de secretários foi escolhido pela capacidade técnica, além de serem morenenses.

Até o próximo dia 8 de janeiro as Secretarias deverão fazer um relatório que mostrem a situação financeira, estrutural, de recursos humanos e material. Como esses dados, Edmilson espera poder anunciar as metas para os 100 dias de governo já na segunda semana de janeiro.