Ceclin
out 23, 2009 0 Comentário


Novo modelo de RG será regulamentado

Um novo modelo de carteira de identidade foi proposto pelo Instituto Nacional de Identificação da Polícia Federal (INI). O diretor do instituto, Marcos Elias de Araújo, disse que, dentro de um mês, a lei que prevê o novo documento de identidade estará regulamentada. A atual identidade será substituída pelo Registro Único de Identidade Civil (RIC) feito em policarbonato, com o adicional de um chip. A adesão ao novo sistema ficará a cargo de cada Estado. Em Pernambuco, o Instituto de Identificação Tavares Buril (IITB) já aderiu.
Serão 16 itens de segurança que vão garantir a eficiência e praticidade do cartão, um dos mecanismos de identificação mais seguros do mundo. “Contêm sete camadas de segurança. A gravação da fotografia é à laser, terá imagens fantasmas, tintas especiais anti-scanner. O chip para biometria vai garantir que a pessoa é realmente a titular do documento, na hora em que ela for abrir uma conta numa loja ou no banco. A identidade atual não garante isso”, explicou o assessor do INI, Paulo Airan Bezerra.
O novo cartão vai reunir as informações de vários documentos com a finalidade de provar, acima de dúvidas, a identidade do usuário. Basta apenas colocar o polegar no leitor biométrico que em um instante a autoridade vai saber as principais informações sobre o cidadão. O diretor do INI, Marcos Elias de Araújo, explica que o projeto de implantação do novo cartão acontecerá em nove anos e receberá um recurso de US$ 850 milhões.
O novo documento terá também um espaço destinado para o código, que permitiria a sua utilização como passaporte em alguns países do Mercosul. Outra vantagem é que o eleitor poderá votar em trânsito, de qualquer lugar do Brasil. É necessário apenas levar o RIC a algum terminal público do País, bastando apenas colocar o polegar sobre o leitor de digitais para confirmar que o cidadão é o titular. Ainda de acordo com Marcos Elias, o modelo proposto passará pela aprovação de um comitê gestor do Projeto RIC a ser criado.
(Folha de Pernambuco).