Ceclin
nov 17, 2011 1 Comentário


Nordestinos são os que mais sofrem de hipertensão no Brasil, diz pesquisa

Uma pesquisa da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), de 2008, a mais recente sobre o assunto, revela que os nordestinos são os brasileiros que mais sofrem de hipertensão, conhecida popularmente como pressão alta. Essa doença silenciosa é um dos fatores de risco para infartos e acidente vascular cerebral (AVC) ou derrame.

Para os especialistas, uma das explicações para esse resultado é a alimentação no Nordeste, que é muito rica em sal.

De acordo com o médico Carlos Japhét, uma pessoa é considerada hipertensa quando a pressão é igual ou superior a 140 x 90 mmHg. “A pressão boa é de 120 x 80. O indicado é que, na visita ao consultório do cardiologista, ele faça pelo menos três aferições. Uma com o paciente sentado, outra em pé ou deitado, e ainda fazer uma média, para diagnosticar o hipertenso”, afirma o especialista.

O médico explica que os hipertensos estão mais vulneráveis a sofrer problemas na circulação, no coração, nos rins e até no cérebro. “Esse é um problema de saúde pública, tanto é que os governos municipais e estaduais têm se movimentado para fornecer gratuitamente esse medicamento que controla a pressão”, diz. Ele lembra que nem todo mundo que está com a pressão alta é hipertenso. “Um esforço físico mais intenso ou o estresse, por exemplo, podem alterar esses números”, diz.