Ceclin
mar 02, 2018 0 Comentário


Neste sábado (3), Glória de Goitá recebe encontro para jovens empreendedores

O projeto é voltado para jovens na faixa etária de 16 a 29 anos, trabalha habilidades sociais, ajuda a desenvolver capacidades de liderança, protagonismo e empreendedorismo. Foto: Divulgaçao

O projeto é voltado para jovens na faixa etária de 16 a 29 anos, trabalha habilidades sociais, ajuda a desenvolver capacidades de liderança, protagonismo e empreendedorismo. Fotos: Divulgação

O encontro acontece em parceria com a Fundação Arconic e o apoio da organização Ponto Cidadão e a empresa Itamaracá Transportes. 

A região da Mata Norte do Estado de Pernambuco, em especial os municípios Igarassu, Itapissuma, Itamaracá e Goiana, são os locais escolhidos para o desenvolvimento da Escola da Juventude – Curso de Empreendedorismo Social, que está no seu quinto encontro do grupo de mais de 30 jovens participantes.

Nas quatro primeiras formações, os jovens tiveram a oportunidade de se apresentar, de se conhecer e se reconhecer enquanto grupo, em suas potências e desafios. No último encontro, realizaram uma ação social e coletiva na comunidade de Três Ladeiras, distrito de Igarassu-PE.

Agora, neste quinto encontro, a Escola vai à Glória do Goitá conhecer o trabalho da Acreditar, uma organização que se dedica ao desenvolvimento local, por meio do microcrédito. Os jovens vão entrevistar alguns empreendedores em suas iniciativas, além de conhecerem o espaço do Giral, organização empreendida por jovens, ligada à transformação social. “A proposta é que, após esta aula, os jovens iniciem o desenvolvimento de seus projetos’, explica Helena Rondon, coordenadora da Escola da Juventude. Ela completa que entre março e maio, terão outras cinco aulas e mentorias voltadas ao negócio dos jovens. Essa fase acontecerá em parceria com o Escritório do Empreendedor, de Igarassu-PE. “E, além disso, a equipe de coordenação está trabalhando para levantar recursos para um fundo rotativo que apoie a implementação dos projetos com maior potencial de saírem do papel”, finalizou.

encontro jovens empreendedores PESobre a Escola da Juventude: o projeto, voltado para jovens na faixa etária de 16 a 29 anos, trabalha habilidades sociais, ajuda a desenvolver capacidades de liderança, protagonismo e empreendedorismo. A partir de abordagens comuns ao Instituto Fonte, a escola incentiva a descoberta do potencial de cada jovem e do fazer em grupo, com olhar sensível para o processo de desenvolvimento do contexto em que vivem.

Sobre a região: De acordo com o censo demográfico de 2010 do IBGE, a população da região da Mata Norte do Estado de Pernambuco conta com um total 30.635 jovens na faixa etária de 16 a 29 anos. No entanto, a maioria dos projetos realizados na região contempla outros públicos, prioritariamente crianças. As alternativas de educação profissionalizante (Cursos do SENAC e do IFPE – Instituto Federal de Pernambuco) surgiram para contribuir no preenchimento das oportunidades de trabalho e renda oferecidos pelas empresas estabelecidas na região nos últimos anos.

A transformação econômica radical aconteceu com a implantação do Polo Industrial de Goiana, que inclui a indústria, farmacoquímica, vidreira e automotiva. A intensa transformação ocorre, principalmente, pela chegada da nova fábrica de automóveis da Fiat. É uma região de forte cultura canavieira, que teve nos últimos seis anos seu PIB elevado em 203%.

O projeto acontece em parceria com a Fundação Arconic e o apoio da organização Ponto Cidadão e a empresa Itamaracá Transportes.

da Assessoria