Ceclin
fev 05, 2018 0 Comentário


Nesta sexta (9) tem Abra o Olho, no Sindsep-PE

Cartaz_Abra_o_Olho_2018site

Tire sua reforma do caminho que eu quero frevar! É com esse grito de guerra e de Momo que os servidores federais vão cair na folia, na próxima sexta-feira, 9 de fevereiro, no baile carnavalesco do bloco Abra o Olho. A irreverência e criatividade vão dar o tom da festa, que acontece na sede do Sindsep-PE, das 14h às 20h. A animação será por conta da Orquestra Universal, que promete muito frevo, maracatu e demais ritmos do carnaval pernambucano.

As camisas ainda estão à venda na sede do sindicato, ao preço de R$ 7 para os filiados. O bloco vai contar também com toda a infraestrutura para o folião brincar com segurança. O tema deste ano faz referência à reforma da Previdência, prevista para ser votada no próximo dia 19, e representa o fim da aposentadoria para a classe trabalhadora. É preciso denunciar mais esse ataque aos direitos trabalhistas. Por isso, no Dia do Frevo (09/02), venha cair no passo sem deixar de lado a crítica a esse desgoverno Temer. Garanta já a sua camisa.

JORNADA DE LUTA CONTRA A REFORMA

A CUT e as principais centrais sindicais do País (CSB, CTB, Força Sindical, Nova Central, UGT e Intersindical) decidiram iniciar imediatamente uma Jornada de Luta contra a Reforma da Previdência, que seguirá enquanto a nova proposta de reforma do governo continuar em tramitação na Câmara dos Deputados.

No dia 19 de fevereiro, data prevista para a reforma entrar na pauta da Câmara dos Deputados, a CUT vai convocar seus sindicatos e militantes para participar do “Dia Nacional de Luta”, com greves, paralisações, assembleias e atos públicos contra mais esse retrocesso.

Para derrotar o governo golpista, é preciso paralisar os locais de trabalho, fazer atos e manifestações, ocupando ruas e praças, e pressionar os parlamentares em suas bases eleitorais. O que está em risco não é só o fim da aposentadoria, mas o aprofundamento do Estado de exceção. Em outras palavras, é o futuro do País que está em jogo. O resultado desta batalha decisiva dependerá do envolvimento de cada um e cada uma, da disposição de luta de todos/as.

É fundamental ampliar o debate com os trabalhadores e as trabalhadoras, mostrando os riscos contidos na proposta de reforma da Previdência do governo golpista: o fim da aposentadoria. Mostrar a relação existente entre a agenda neoliberal do governo Temer (reformas contrárias aos interesses populares) e a candidatura de Lula (compromisso de convocar referendum para anular as medidas impopulares do atual governo).

 

Sindicato dos Servidores Públicos Federais de Pernambuco – SINDSEP-PE