Ceclin
dez 29, 2013 0 Comentário


Nesta segunda-feira, mais de 900 moradias serão entregues em Palmares e Joaquim Nabuco

Os conjuntos habitacionais, construídos pela Operação Mata Sul, somam investimento acima de R$ 96, 7 milhões e vão beneficiar mais de 4,6 mil pessoas numa parceira dos governos Federal e Estadual

(Foto: internet)

Após a entrega de 525 unidades habitacionais nos municípios de Água Preta e Catende no último dia 23, é a vez de 912 famílias contempladas nas cidades de Joaquim Nabuco e Palmares receberem sua moradia. A solenidade ocorre nesta segunda-feira (30) e contará com a presença do secretário da Casa Militar, coronel Mário Cavalcanti, do presidente da Companhia Estadual de Habitação e Obras (Cehab), Flávio Figueiredo, gerente Regional da Construção Civil, da CEF, Martoni Sobral e dos prefeitos dos respectivos municípios, João Nascimento de Carvalho e João Bezerra.

Em Joaquim Nabuco, às 9h, acontece a entrega de 205 unidades do Loteamento Joaquim Nabuco, além de uma quadra e uma praça. Foram investidos R$ 11 milhões no empreendimento que será entregue de uma só vez, beneficiando 1.025 moradores. O acesso ao habitacional foi construído pela Coordenadoria de Engenharia e Arquitetura da Secretaria da Casa Militar.

Na cidade de Palmares, às 10h, 707 famílias vão receber as chaves das suas novas moradias. O Conjunto Habitacional Palmares II, com investimento de R$ 85,7 milhões, também terá três praças e três quadras para garantir o lazer para mais de 3,6 mil pessoas. A próxima entrega, de 793 casas, está prevista para o mês de fevereiro totalizando 1.500 unidades apenas neste habitacional. Ao todo, são mais de 7,5 mil pessoas favorecidas.

Em Palmares, há outros três empreendimentos da Operação Mata Sul sendo Engenho Paul, com 300 unidades; Quilombo dos Palmares II, com 407 unidades, Quilombo dos Palmares III, com 403 unidades. São 1.552 moradias entregues para famílias do município.

As unidades habitacionais dos empreendimentos da Operação Mata Sul possuem 41,30m² de área, com dois quartos, banheiro, cozinha, sala, área de serviço, com marco divisório de lotes e foram construídos contemplando todos os serviços de infraestrutura urbana, tais como: pavimentação das vias, drenagem de águas pluviais, sistema de esgotamento sanitário com estação de tratamento de esgoto, sistema de abastecimento de água com reservatório elevado, energização e iluminação pública. Também possuem áreas destinadas para a construção de equipamentos públicos de assistência social, à saúde, à educação e outros serviços.

Operação Mata Sul – A iniciativa do Governo do Estado de construir moradias nas áreas atingidas pelas enchentes na Mata Sul e no Agreste pernambucano vem realizando o sonho de milhares de pernambucanos que perderam as suas moradias na enchente de junho de 2010. A Operação Mata Sul já entregou mais de 7.3 mil habitações nas áreas atingidas.

 com informações da Assessoria.