Ceclin
abr 17, 2008 2 Comentários


Neblina assusta moradores da Vitória

Vista de Redenção

Muitos moradores acordaram perplexos e até assustados (15/04), quando uma neblina de baixa densidade se formou sobre a cidade de Vitória de Santo Antão (PE). O município, de 121.557 habitantes, está a 146 metros do nível do mar.
Segundo o leitor Elias Alves Martins, o fenômeno é inédito na cidade. Martins questiona se a neblina não é mais um dos efeitos do aquecimento global.
Opinião de Lissandro: Considero que haja outra vertente neste fato incomum. Devemos considerar que a zona da Mata pernambucana estar num processo contínuo de desmatamento. Percebe-se sobretudo a Zona Rural vitoriense totalmente sem verde e não há um replantio. Prova disso é o estado de nosso manancial. O rio Itapacurá praticamente morto. Há outro fator: as queimadas de cana-de-açúcar bastante predominantes ao redor do Município. O volume de chuvas fora de época é um aviso do desequilíbrio natural. Por sua vez, não há uma política pública voltada ao meio ambiente em Vitória. Quem deveria provocar essa discussão não provoca! Talvez por considerar irrelevante ou ter ‘rabo preso’ com os proprietários e especuladores imobiliários e dos madereiros.

Adiante bairro da Bela Vista