Ceclin
dez 16, 2011 0 Comentário


MPPE lança a campanha “Pernambuco contra o crack”

 Portal do MPPE

A campanha do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), lançada na manhã de  ontem (15), tem exatamente essa finalidade: combater o consumo de crack e outras drogas nocivas, que geram sérios problemas para toda a sociedade. A campanha é uma extensão da campanha lançada há um mês pelo promotor de Justiça Carlos Eduardo Seabra em Arcoverde.

O procurador-geral de Justiça, Aguinaldo Fenelon de Barros, ressaltou ter chegado a hora de dar um basta no crack. “É necessário lutar contra esse mal. Por isso, convidamos, neste evento, toda a sociedade civil organizada para discutir a necessidade de combater essa e outras drogas.  

O deputado estadual Ossesio Silva parabenizou a iniciativa do MPPE e a parceria das demais instituições no que diz respeito ao enfrentamento ao crack. “Quando enfrentamos o crack, também estamos enfrentando aqueles que fazem com que essa droga chegue aos nossos jovens, aos lares. E esta é uma iniciativa importantíssima”, salientou o deputado estadual Júlio Cavalcanti.

Ainda durante o evento, o integrante da Câmara do Crack em Pernambuco, no Pacto pela Vida, promotor de Justiça Edson José Guerra, discorreu sobre a atuação do MPPE nas políticas públicas de enfrentamento ao uso do álcool e de outras drogas. “Este é um momento de mobilização, pois eu diria que o enfrentamento às drogas é provocado pelo clamor social. O nosso maior compromisso é com a vida”, pontuou.

Em seguida, a coordenadora-geral do Programa Atitude, representando a Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos de Pernambuco, Catarina Medeiros, acentuou que o momento era único. “São momentos como este que fortalecem a caminhada no enfrentamento ao crack. Todos aqui estamos compromissados com a causa”, frisou.

O chefe de gabinete da Secretaria de Defesa Social, delegado Cláudio Borba Filho, destacou que iniciativas como esta campanha mostram que este é o caminho a seguir. “Quando acontece a integração que visualizamos aqui hoje, observamos que esta união é fundamental. Dessa forma, acredito que vamos conseguir vencer o problema do crack e outras drogas”, disse. O chefe da Delegacia de Entorpecentes e Narcotráfico, da Polícia Federal, também ressaltou a importância do projeto.  

Por fim, a coordenadora do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça em Defesa da Criança e do Adolescente, promotora de Justiça Ana Carolina, finalizou relembrando que embora a campanha se intitule “Pernambuco contra o Crack”, a campanha é destinado ao combate de todas as drogas em geral.