Ceclin
ago 16, 2021 0 Comentário


Entidades promovem Movimento Panela Cheia em apoio as famílias carentes de Moreno

Solidariedade e consciência cidadã em Jaboatão e Moreno

No último domingo (15.08) as comunidades de Vila Holandesa e Cidade de Deus, em Moreno, no Grande Recife, receberam uma iniciativa de combate à fome e promoção do debate a respeito dos efeitos da crise econômica e da pandemia sobre famílias de afrodescendentes que vivem nas periferias da Região Metropolitana do Recife (RMR).

Representantes da Associação pela Mobilização Participação e Organização Social (AMPARO), da União de Negras e Negros pela Igualdade (UNEGRO) e da União Brasileira de Mulheres (UBM) conversaram com cerca de 20 famílias e entregaram cestas de alimentação do Movimento Panela Cheia, organizado pela Frente Nacional Antirracista, com o apoio da Vale do Rio Doce e outras empresas. A ação é o segundo evento organizado pelo grupo, que no dia 05 de agosto passou por Jaboatão Centro, dialogando e levando o auxílio a 30 famílias do local.

A ideia era antiga, mas se tornou realidade quando a situação de insegurança alimentar ficou pior: “Em Julho, Tati Silva e eu fizemos aniversário e como seria irresponsável fazer uma festa, decidimos levar solidariedade e diálogo a quem mais precisa. Agradecemos muito o apoio das pessoas para a distribuição das cestas nessas comunidades! Sem essa força, não teria sido possível”, disse Marcelo Diniz que é Diretor de Comunicação da UNEGRO-PE e idealizador da Associação.

Ainda segundo Marcelo, a função da entidade não é substituir o papel dos governos, mas, realizar parcerias e cobranças ao poder público para que ele cumpra o seu papel. “É importante incentivar a consciência de que os direitos que temos não foram dados. Eles foram fruto da mobilização da sociedade. Se a gente não cobrar, não fiscalizar, a gente pode acabar perdendo”, pontuou.

Para os eventos de ontem, foi realizada uma parceria com as organizações que já existem nos territórios e suas lideranças, como o Pastor Vinícius (Presidente da Federação das Associações de Moradores de Moreno) e o professor Leonildo Oliveira (Presidente da Associação de Moradores de Cidade de Deus).

Nos próximos meses a prioridade do grupo é combater os efeitos da pandemia, contudo, no futuro a AMPARO quer realizar parcerias e convênios para oferecer cursos, desenvolver atividades de formação cidadã e participar de editais públicos que possibilitem levar seus projetos para mais famílias.

Para entrar em contato com a entidade, basta ligar para (81) 98503-5001 ou 98127-3388 (este também é o contato no WhatsApp e no Telegram), ou ainda enviar e-mail para: [email protected]