Ceclin
ago 18, 2010 0 Comentário


Morre Silas Salgado, ex-prefeito de Gravatá

Publicado em 18.08.2010

Aos 66 anos, morreu ontem o ex-prefeito de Gravatá, no Agreste, Silas Salgado, que administrou o município de 1997 a 2000. Silas estava internado no Hospital Doutor Paulo da Veiga Pessoa, em coma e respirando por aparelhos, vindo a falecer por complicações decorrentes de um câncer de próstata. O velório está ocorrendo na Câmara dos Vereadores de Gravatá e o sepultamento será hoje pela manhã.

Silas Salgado comandou Gravatá quando estava vinculado ao PSL. Em razão de denúncias, renunciou ao cargo em fevereiro de 2000, assumindo a cidade o vice da época, Aluísio Lorena. A sua gestão sofreu restrições do Tribunal de Contas da União (TCU), que o condenou a pagar mais de R$ 770 mil, na forma de restituição Fundo Nacional de Saúde (FNS).

Gravatá recebeu, na sua gestão, recursos para a execução de ações de combate à dengue, via Plano de Erradicação do Aedes Aegypti. Auditores do TCU, após fiscalização, acusaram a gestão de movimentação irregular na conta do convênio.

Depois de se afastar da política, Silas Salgado passou a se dedicar a área de esportes, mantendo assim a vida pública. Apaixonado pelo futebol, recebeu homenagem da cidade dando o nome ao estádio municipal.
De perfil popular, era conhecido em Gravatá pelo apelido de Nego Bom, ganho na campanha eleitoral de 1996, por ter sido visto distribuindo o popular doce pelas ruas.
(Jornal do Commercio).