Ceclin
jan 02, 2018 0 Comentário


Morre o empresário e ex-ministro Armando Monteiro Filho

(Armando Monteiro Filho, pai do ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro Neto

Armando Monteiro Filho, pai do senador Armando Monteiro Neto

Os mundos político e social do Estado de luto com o falecimento do empresário e ex-ministro Armando Monteiro Filho. Ele faleceu na manhã desta terça-feira (2/01) em casa, aos 92 anos. Genro do ex-governador Agamemon Magalhães, Armando Monteiro Filho dividiu as atividades de empresário com a política. Foi deputado estadual, deputado federal, ministro da Agricultura no governo João Goulart. Casado com Do Carmo Monteiro, deixa viúva e cinco filhos. Ainda não há definição sobre local e horário do velório.

LEGADO

Filho de Armando de Queiroz Monteiro e de Maria José Dourado de Queiroz Monteiro, estudou engenharia na Universidade do Recife, ingressando em 1945. Participou ativamente da política estudantil. Em 1954 foi eleito o deputado federal mais votado em Pernambuco. Foi ministro da agricultura no governo de João Goulart, de 8 de setembro de 1961 a 26 de junho de 1962, nomeado pelo então primeiro-ministro Tancredo Neves.

LUTO

O governador Paulo Câmara decretou hoje pela manhã luto oficial de três dias pela morte do ex-ministro Armando Monteiro Filho. Paulo também divulgou nota de pesar se solidarizando com familiares e amigos de Armando Filho:

“Dr. Armando foi um honrado pernambucano, um legítimo cavalheiro que sempre lutou, ao longo de toda a sua vida, pelas maiores causas do nosso Estado e do Brasil, como empresário e politico. Dr. Armando teve uma postura firme, democrática e corajosa no enfrentamento com a ditadura militar e foi uma referência para gerações. Quero prestar a minha homenagem pessoal a esse grande pernambucano e me solidarizar com seus familiares e amigos.” (Governador Paulo Câmara)