Ceclin
out 23, 2014 0 Comentário


Morre Isnard Moura, primeira jornalista de Pernambuco

(Foto: Fred Jordão/Acervo JC)

Diário de Pernambuco

Faleceu no Recife a primeira jornalista de Pernambuco. Isnard Moura morreu aos 105 anos, de falência do órgãos. Ela chegou a ser internada no Hospital dos Servidores do Estado de Pernambuco (Sassepe), mas morreu por volta das 22h desta quarta-feira.
O velório está sendo realizado na Capela Central do Cemitério de Santo Amaro, onde o sepultamento será realizado às 16h desta quinta-feira.

À frente de seu tempo, na década de 40 Isnard era a única mulher a trabalhar em uma redação. Atuou por muitos anos como colunista falando sobre sociedade e educação, no Jornal do Commercio.Como educadora, criou e dirigiu o Instituto de Pesquisas Pegagógicas da Secretaria de Educação do Estado de Pernambuco (SES).

Nascida em Timbaúba, zona da Mata Norte de Pernambuco, estudou no Colégio Santa Gertrudes, em Olinda e desde então morou no Recife. Escritora, é autora dos livros “Poesia de Três Idades” e  “Admirável Mulher do Capitão Zeferino”, em homenagem à mãe, Eufrásia Cabral de Moura. Solteira, deixou muitos sobrinhos, influenciados no gosto pela leitura e escrita. Dois deles seguiram sua profissão de jornalista: o já falecido Adonias de Moura e o irmão dele, Abdias de Moura, que também é membro da Academia Pernambucana de Letras.