• Ceclin
jan 10, 2018 0 Comentário


Moreno registra queda de homicídios devido programa integralizado entre os poderes e comunidade

O Programa Moreno em Ordem vem envolvendo também outras áreas do município em busca da cultura de paz. Foto: Divulgaçao

O Programa Moreno em Ordem vem envolvendo também outras áreas do município em busca da cultura de paz. Foto: Divulgação

A tendência de queda nos Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLI) em Moreno (RMR) se confirmou nos últimos 03 meses de 2017, em relação ao mesmo período de 2016. A informação foi dada durante a primeira reunião do ano do Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM) que aconteceu na segunda-feira (08.01), na sede da Secretaria de Ordem Pública e Segurança Cidadã do município.

Segundo o major Alano Araújo, comandante do 25° Batalhão da Polícia Militar, a queda se deu devido ao trabalho que vem sendo realizado em parceria no município entre os órgãos de segurança do Estado e a Prefeitura do Moreno. Ele lembrou das várias operações realizadas em conjunto que geraram bons resultados. “Essa integração está gerando uma sensação de segurança para a população”, explicou o comandante.

Major Alano Araújo destacou que apesar da tendência de redução dos homicídios e outros crimes, o trabalho dos órgãos de segurança precisa e vai ser intensificado. “Vejo que a Prefeitura vai instalar câmeras de monitoramento, isso vai somar ao nosso trabalho. Já alcançamos a redução nos CVLI mas a gente tem que buscar sempre mais e acredito que 2018 deve ser um ano importante para que essa redução seja consolidada”, disse o comandante do 25° Batalhão da PM.

O secretário de Ordem Pública e Segurança Cidadã do Moreno, Elmo Freitas, também enfatizou os resultados das operações realizadas em conjunto com os órgãos de segurança do Estado. As operações que vêm inibindo a prática de crimes no município estão dentro das ações do Programa Moreno em Ordem. “A Operação Sossego é uma das mais bem sucedidas que estamos fazendo junto com a Polícia Militar nos finais de semana. Esse trabalho está sendo intensificado a cada dia”, explicou Elmo.

O Programa Moreno em Ordem vem envolvendo também outras áreas do município em busca da cultura de paz. Na Educação, facilitadores atuam como elo de comunicação com as escolas. Claúdia Marinho, que participou da reunião do GGIM e integra o comitê de uma turma formada por representantes da Educação, detalhou todo o trabalho que vem sendo realizado nas unidades de ensino. “A gente envolve as crianças e consequentemente a sociedade, que é a família. A educação ultrapassa os muros da escola. Já vemos alguns resultados aparecendo. As pessoas estão se sentindo mais protegidas”, disse Cláudia.

Mesmo destacando a importância da redução dos índices de violência em Moreno, o prefeito Vavá Rufino (PTB) disse que é hora de intensificar as ações para buscar números ainda melhores. O gestor lembrou que a Prefeitura vai continuar contribuindo para reforçar o trabalho dos órgãos de segurança no município. “Essa parceria começou em 2017 e trouxe resultados expressivos. Ainda temos um longo caminho a percorrer, mas o primeiro passo foi dado. Tenho certeza que vamos colher bons frutos”, disse o prefeito do Moreno.

A primeira reunião do ano de 2018 do GGIM contou também com a presença de secretários de várias pastas do município, representantes da Polícia Civil e Secretaria de Planejamento do Estado. Amadeu Sarinho, integrante do quadro da Controladoria de Gravatá, também esteve presente para conhecer a experiência do Programa Moreno em Ordem.