• Ceclin
ago 09, 2019 0 Comentário


Moreno anuncia novos membros dos Conselhos da Pessoa com Deficiência e da Ordem Pública

Precisamente 14 Conselheiros foram eleitos para um mandato de três anos  no Conselho da Ordem Pública e Segurança Cidadã Integrada. Fotos: Ohana Chagas/Divulgação

Precisamente 14 Conselheiros foram eleitos para um mandato de três anos no Conselho da Ordem Pública e Segurança Cidadã Integrada. Fotos: Ohana Chagas/Divulgação

Em busca de melhores condições de vida para as pessoas com deficiência, a Prefeitura do Moreno, através da Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, realizaram na quinta-feira (08.08) o 1º Fórum Municipal da Pessoa com Deficiência, no plenário da Câmara de Vereadores. Também ocorreu no plenário da Câmara no ultimo dia 1º de agosto, a posse dos novos conselheiros regionais de Ordem Pública e Segurança Cidadã Integrada.

A abertura no dia 08, contou com palestra com o tema “Não há controle sem participação social”, ministrada pelo representante da Associação Pernambucana de Cegos e Conselheiro Nacional de Saúde, Antônio Muniz. O superintendente estadual de Apoio à Pessoa com Deficiência, Edmilson Silva, esteve presente no Fórum. O prefeito Vavá Rufino (PTB) parabenizou os membros pela disposição e destacou o engajamento do poder público e da sociedade civil na promoção de políticas, práticas e ações mais inclusivas.

Conselho de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência de MorenoNa ocasião, foram escolhidos representantes para o Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência (intelectual, visual, auditiva, deficiências físicas) e representantes dos profissionais especializados que atuam na área. São eles: Área da Deficiência Visual: Roderick Junior; Deficiência Intelectual: José William; Deficiência Física: Mário José; Deficiência Auditiva: Gustavo Nascimento; profissionais especializados: Laudeni Maciel e Rivânia Silva de Andrade.

Sobre os novos conselheiros regionais de Ordem Pública e Segurança Cidadã Integrada, precisamente 14 Conselheiros foram eleitos para um mandato de três anos. Durante a solenidade o prefeito Vavá Rufino anunciou que a Central de Videomonitoramento vai receber o nome do ex-secretário de Ordem Pública e Segurança Cidadã, Elmo José de Freitas, que faleceu no mês passado.

Entre as atribuições dos conselheiros estão: fortalecer as instituições e promover a paz e a justiça no Município, conforme prescreve a Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU) que propõe como meta o desenvolvimento dos ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentáveis).

Na ocasião, o presidente da Câmara de Vereadores, Mozart Bruno, comentou a queda nos índices de criminalidade em Moreno. Estiveram presentes na solenidade, o coordenador do programa Moreno em Ordem, Marcello André, o idealizador do projeto, professor Júlio Cesar Costa e representantes do Poderes Legislativo e Executivo e da Polícia Militar de Pernambuco.