Ceclin
out 25, 2013 0 Comentário


Moradores de cidades da Mata Sul denunciam má conservação da PE-126

Rodovia PE-126 está sem acostamento e sinalização. Foto: George Antônio/Divulgação

Diário de Pernambuco

Moradores das cidades de São Benedito do Sul e Maraial denunciam a erosão que compromete um trecho da PE-126. Há três meses, a estrada sofre com o problema, que obrigou a interdição de parte da pista. Os dois municípios já denunciaram a situação para o Departamento de Estrada e Rodagem (DER), mas até agora, nada o conserto não foi realizado.

O trecho, conhecido como “Vale do Inferno”, além de ligar as cidade de São Benedito do Sul e Quipapá ao restante da Mata Sul pernambucana, também é usada por pessoas de todo o agreste meridional para terem acesso ao Litoral Sul do Estado. A estrada também é usada por vários motoristas, incluindo carreteiros, para desviarem de bloqueios que comumente são realizados na BR-101 entre os Estados de Pernambuco e Alagoas.

Segundo o morador de Quipapá, George Antônio, a rodovia também está sem sinalização. “Não há placas e as faixas estão apagadas nem há acostamento. Os motoristas precisam dirigir bem atentos para não acontecer um acidente”, comentou.