Ceclin
ago 24, 2010 1 Comentário


Momento político é debatido no Mesa Redonda

Na sexta-feira (20), às 13h. (excepcionalmente em virtude do guia eleitoral) o Programa A VOZ DA VITÓRIA, em sua tradicional Mesa Redonda, transmitido pela Rádio Tabocas FM (98,5) em Vitória de Santo Antão, contou com a participação do Professor de História Marcos Vinícios, dos Colunistas do Blog Helder Sóstenes e Gilberto Júnior (Coordenador da UJS), além do convidado, o Secretário de Cultura, Turismo e Esportes da Prefeitura da Vitória Paulo Roberto Leite Arruda, debatendo sobre o atual momento político e as movimentações em torno das eleições 2010.

O Brasil conta hoje com 09 candidatos a Presidência da República, tendo em foco na mídia, Dilma Rousseff (PT) que vem sendo apoiada pelo atual Presidente Lula, José Serra (PSDB) e Marina Silva (PV).

Comentando sobre os desdobramentos das pesquisas eleitorais, o apresentador Lissandro Nascimento pergunta aos entrevistados a que eles atribuem o crescimento de Dilma nas pesquisas em relação a Serra.
“O que o País está analisando é o trabalho do atual Governo e da gestão passada, é uma reflexão simples da sociedade brasileira, mudou completamente toda qualidade de vida no Brasil durante esse período, sabendo que o caminho é avançar com a mudança”, comenta Gilberto Júnior.

“Quando o processo eleitoral ainda não tinha começado no início deste ano, o candidato Serra estava disparado nas pesquisas, no mês de junho houve um empate técnico entre os partidos PSDB e PT, e agora que começou o guia eleitoral Dilma deu um pontapé importantíssimo para sua candidatura, tendo uma vantagem positiva em relação aos outros candidatos”, pontuou.

Para Gilberto Júnior, as eleições presidenciais será definida no primeiro turno, pois ele acredita que Marina Silva do PV chegou ao seu teto e que não subirá mais nas pesquisas, reforça que o Presidente Lula será a chave principal nas eleições 2010.
“Analisando a reviravolta que está acontecendo nas eleições do Rio Grande do Sul, onde sempre foi o PSDB que comandava o Estado, e hoje a atual Governadora se encontra em 3° lugar nas pesquisas, ficando claro até para o sul do País, que Lula será o fiel da balança para a candidata Dilma, visto que a população tem presenciado os avanços e investimentos sociais ”, salientou.

“Percebemos que boa parte dos candidatos a Governador nos Estados são aliados ao Governo Lula. Hoje no Estado de Pernambuco o Governador Eduardo Campos encontra-se numa situação confortável, de acordo com as pesquisas, tendo uma aprovação de 70%”, compara Júnior.

“Isto se deve a parceria feita entre o Governo do Estado e o Governo Lula, onde transformaram todo o Estado num grande canteiro de obras crescendo mais que o Brasil e acredito que no primeiro turno ele possa se reeleger com uma vasta vantagem, pois a atitude de Jarbas Vasconcelos de uma demorada decisão em sua candidatura, facilitou para o seu não crescimento nas pesquisas, pois até sua própria base migrou para o PSB por falta de definição do partido perdendo muito nesse sentido. Lembrando que o senador sempre assumiu uma postura anti-Lula”, completou.

Para Helder Sóstenes as eleições presidenciais será um pouco incendiada, pois ele acredita num possível segundo turno.

“No início da campanha, os brasileiros não estavam associando a imagem de Dilma com o Presidente Lula, e hoje isso está sendo possível, por conta do guia eleitoral e isso acontece com boa aceitação. Em relação a Serra, ele tenta dizer em seus discursos que Lula é uma coisa e Dilma é outra, nesses próximos dias ele partirá para o ataque contra o PT, ele tem em meta atacar a candidata do PT e não ao presidente Lula, sendo estratégico colocando Lula em seus programas políticos”, pontuou.

“Acredito ainda que Marina Silva do PV esteja sendo o fiel da balança para as eleições presidenciais alavancar para um possível segundo turno, onde a candidata está percorrendo por todo o Brasil, pois se a candidata Marina Silva não existisse, talvez tudo pudesse ser concretizado no primeiro turno”, analisou.

Helder Sóstenes acredita que os aliados tentam associar sua imagem com o Presidente, sabendo que se o governo do Estado está com o Governo Federal as obras tendem a acontecer, a exemplo de Pernambuco, pois esses índices favoráveis são em relação a isto.

Lissandro Nascimento comentou que o Presidente Lula é um importante cabo eleitoral, pois em oito anos de Governo todas as pesquisas de opinião pública tem lhe aprovado, a exemplo de Pernambuco onde ele é aprovado em 88%, já o Governador do Estado Eduardo Campos (PSB) tem uma aprovação de 70%.

Na ótica do Secretário Paulo Roberto a eleição presidencial está muita acirrada, acreditando que não exista vantagem de qualquer partido que seja até o momento, tendo convicção que as eleições ganham força a partir de agora, já que começou o guia eleitoral, onde cada cidadão brasileiro irá conhecer as propostas de todos os candidatos em suas próprias casas, sabendo que haverá uma eleição muito disputada para todos os partidos, ressaltando que uma briga para o segundo turno será definida em breve.

O apresentador Lissandro Nascimento pergunta ao entrevistado se Aécio Neves (PSDB/MG) seria o candidato ideal da oposição.

“Aécio Neves mostrou-se no Estado de Minas Gerais que é um excelente administrador, e que tem condições de disputar o cargo para a presidência do País, creio que o partido fez uma boa avaliação, e quem sabe ele está se resguardando para o futuro”, declarou Paulo Roberto que saiu do PSDB há alguns meses.

O Secretário acredita que a candidata do PV Marina Silva, está crescendo cada vez mais, e concorda com Helder Sóstenes que ela poderá ser o fiel da balança para um possível segundo turno nas eleições 2010.

Lissandro Nascimento comentou que cada dia que se passa o Senador Jarbas está num processo de isolamento, inicialmente seus aliados, Sérgio Guerra, Marco Maciel entre tantos outros, pediram para ele sair candidato à Governador, para reforçar o palanque de José Serra, e na hora que mais ele precisa não está recebendo o apoio.

O Secretário Paulo Roberto avalia este momento do Senador Jarbas Vasconcelos:
“Contra números não se pode discutir, mas o que notamos é que ele é uma pessoa preparada, que tem amplas condições de estar disputando uma eleição para Governador do Estado de Pernambuco, porém o atual Governador Eduardo Campos, que já tem uma sólida base formada e que vem crescendo, teve uma boa musculatura nesse período que ele está no Governo, e hoje é um candidato forte que pode levar essa eleição no primeiro turno, em razão do bom governo que tem feito”, enfatizou Paulo Roberto.

No debate foi mencionado que foi construída uma relação de amizade entre o Secretário Paulo Roberto e João Lyra Neto (PDT) – Vice Governador do Estado de Pernambuco e aliado de primeira mão do Governador Eduardo Campos.

Lissandro Nascimento perguntou a Paulo Roberto quais foram os fatores que o levaram a está apoiando Eduardo Campos e João Lyra nas eleições de 2010.
“João Lyra Neto e principalmente Raquel Lyra, tem aqui em Vitória de Santo Antão pessoas que mantinham um contato direto com eles, e esses contatos me passaram algumas informações que achei importante para nossa cidade, e nesse meio da política devemos trabalhar no que for melhor para toda sociedade. Se dermos uma volta na região podemos ver que existem vários projetos que foram realizados em parceria do Governo Lula com Eduardo Campos”, ressaltou.

“Vitória de Santo Antão hoje é uma cidade de sorte, por ter o administrador que tem no exato momento na Prefeitura Municipal, trabalhar na oposição e ter esse grande crescimento econômico e social, isto na verdade é saber trabalhar realmente numa política voltada ao interesse público”.

Segundo Paulo Roberto, sua principal meta é trabalhar para poder colocar Vitória de Santo Antão dentro dos investimentos da Copa do Mundo de 2014.

“Uma Copa do Mundo é um projeto sério, onde o Brasil será a grande sede. As seleções do Mundo inteiro passarão por 12 cidades, e as cidades que se credenciaram sabem da importância e do compromisso que tem. Pernambuco hoje é uma das sedes, o Município da Vitória poderia ser uma candidata para esses jogos. Às margens da BR 232 próximo a entrada de Glória do Goitá, existe um amplo espaço que poderia ser uma das Arenas, mas infelizmente nosso município não foi em busca dessa oportunidade. É por isso que estamos trabalhando para que em 2014, estejamos presentes na Copa do Mundo, com alguma seleção treinando em nossa cidade”.

“Esta semana foi votado vários projetos na Assembleia Legislativa de Pernambuco, com relação aos projetos que foram aprovados para construção de empreendimentos para Copa do Mundo de 2014, não vimos nenhum Deputado da Vitória se posicionado para trazer melhorias para Vitória de Santo Antão”, citou Lissandro.

Um dos assuntos que não havia sido abordado durante o debate, foi a eleição para o Senado. Para o Prof. Marcus Vinícius, as eleições para Senador em Pernambuco não está definida. Acredita que os eleitores ainda não tenham intenção de voto, e a abordagem aos eleitores está trazendo um equilíbrio para as oposições na Região Metropolitana e Zona da Mata. Já na parte do Agreste, Marco Maciel está um pouco à frente nas pesquisas. Não acredita numa possível dobradinha entre Humberto e Armando, bem como na oposição contrária em relação a Marco e Jungmann. “Será uma eleição equilibrada e acredito que Marco irá se reeleger, também uma vitória de Humberto, já que em eleições anteriores ele chegou a bater na porta do Senado”.

Apresentação: Lissandro Nascimento.
Produção: Jáder Siqueira, Orlando Leite.
Equipe: Emerson Lima, Berg Araújo, Genilda Alves.