• Ceclin
out 01, 2009 1 Comentário


Ministério da Educação cancela prova do Enem

A prova seria aplicada neste fim de semana; o motivo do cancelamento seria o vazamento de parte do conteúdo da prova denunciado pelo jornal O Estado de S. Paulo

Da Redação do pe360graus.com, com informações do G1

O Ministério da Educação e Cultura (MEC) cancelou a prova do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem), que seria aplicada neste final desemana, informou a assessoria de comunicação social do MEC. Haddad concederá entrevista nesta quinta-feira (1º), na sede do MEC, em Brasília, para explicar os procedimentos com relação ao Enem.

De acordo com informações do jornal O Estado de São Paulo, o motivo do cancelamento seria o vazamento de parte do conteúdo da prova. A decisão teria sido tomada pelo ministro Fernando Haddad, que foi alertado pela reportagem do jornal paulista. O presidente do Inep, instituto responsável pelo Enem, teria afirmado por telefone ao Estado que há “99% de chance” da quebra do sigilo ter ocorrido.

Ainda segundo a reportagem, na tarde da última quarta-feira (30), o jornal foi procurado por um homem que disse, ao telefone, ter as duas provas que seriam aplicadas no fim de semana. Ele teria proposto entregar o material ao jornal por R$ 500 mil.

A reportagem informou ainda que as questões originais estavam guardadas em um cofre, que foi aberto ontem à noite para confirmar a informação e que Haddad confirmou o vazamento ao consultar técnicos do Inep. Ainda segundo o texto do Estado, o vazamento teria ocorrido, provavelmente, na gráfica onde a prova seria impressa.

O MEC planeja realizar o exame em 45 dias, já que haveria uma versãoda prova do Enem pronta para substituir a que foi cancelada, mas ainda não está confirmado se essa versão poderá ser utilizada.

O Enem estava marcado para este sábado (3) e domingo (4) e seria aplicado a 4,1 milhões de candidatos em 1,8 mil cidades do País. Em Pernambuco, há mais de 231 mil candidatos inscritos no exame.

Leia Também: