Ceclin
abr 13, 2012 0 Comentário


Minha Casa, Minha Vida irá beneficiar 108 municípios pernambucanos

Folha de Pernambuco

Foi anunciado ontem, em Brasília, através do Ministério das Cidades, o lançamento da segunda fase do programa Minha Casa, Minha Vida. Nesta etapa, serão beneficiados, em todo o País, 2.582 municípios de até 50 mil habitantes, com investimentos na ordem de R$ 2,8 bilhões. Em Pernambuco, serão construídas 4.750 unidades habitacionais em 108 municípios, para famílias com renda mensal de até R$ 1,6 mil. O subsídio do Governo Federal para o Estado será de R$ 25 mil para ca­da unidade cons­truída.

Dos beneficiários locais, 13 estão localizados na Mata Norte, dez na Mata Sul, dez no Agreste Setentrional, 24 no Agreste Meridional, sete no Agreste do Ipojuca, cinco no Sertão Central, 16 no Sertão do Pajeú, quatro no Sertão do Moxotó, sete no Sertão do Araripe e 12 no Sertão do São Francisco. O número de moradias que será destinado a cada município foi dividido a partir da densidade demográfica de cada um. Desta forma, aqueles que possuem menos de 20 mil habitantes receberão 40 e os que têm de 20 mil até 50 mil vão receber 50 unidades habitacionais.

Apesar do anúncio, a prática do projeto ainda deve demorar alguns meses. Isso porque, depois desta assinatura de protocolos de cooperação entre as prefeituras e estados, ainda virão as fases dos contratos, dos leilões dos agentes financiadores para, então, vir a fase da ordem da escolha dos beneficiários, que será feita a partir do nível de pobreza das cidades e do seu deficit habitacional. A única etapa já prevista, segundo Nilton Mota, é a dos leilões, para o fim de maio.

Mais informações Clique Aqui