• Ceclin
nov 29, 2019 0 Comentário


Membros dos Conselhos da Mulher e de Assistência Social tomam posse em Moreno

Os conselhos são formados por membros dos segmentos da sociedade civil e governamental. Foto: Ohana Chagas/Divulgação

Os conselhos são formados por membros dos segmentos da sociedade civil e governamental. Foto: Ohana Chagas/Divulgação

O prefeito do Moreno, Vavá Rufino (PTB), assinou na manhã da quinta-feira (28.11) duas portarias nomeando os novos membros dos Conselhos Municipais da Mulher e de Assistência Social. Os conselhos são formados por membros dos segmentos da sociedade civil e governamental. A sociedade civil é representada por diversos movimentos sociais e a Prefeitura participa dos conselhos com integrantes das secretarias que compõem a gestão.

No Conselho Municipal da Mulher, a sociedade civil está representada pelas Associações de Moradores dos bairros da Galinha D´água e Nossa Senhora das Graças; pelos Movimentos das Mulheres Idosas, Empreendedoras, Religiosas e da área rural. Assim como a representação governamental, as entidades têm titulares e suplentes em suas composições. “A função desse conselho é fomentar a política da mulher no município. O conselho propõe, dialoga e faz a articulação”, explica Claudenice Santana, assessora técnica responsável por sete conselhos vinculados à Secretaria de Desenvolvimento Social.

O Conselho de Assistência Social tem como representantes da sociedade civil, integrantes da Cidade Evangélica dos Órfãos (CEO); Centro Comunitário São Sebastião; Grupo da Terceira Idade Raio do Sol e Sociedade Beneficente Amor e Trabalho. O conselho conta também com representações dos Usuários dos Serviços Socioassistenciais e de trabalhadores do (Sistema Único de Assistência Social – SUAS).

O prefeito Vavá Rufino disse que a atuação dos conselhos é fundamental para a formulação e execução das políticas públicas no município. Ele reforçou a importância da participação de titulares e suplentes no trabalho que vem sendo desenvolvido em Moreno. “A gente tem hoje mais de uma dezena de conselhos municipais. Não basta ter o nome na formação do conselho, é preciso participar ativamente do trabalho no município, através do conselho. É lá que são debatidas as questões, as políticas públicas, com autonomia plena. Quem se dispõe voluntariamente a participar desse trabalho dá um exemplo de cidadania”, disse o prefeito.

Na próxima reunião, os dois conselhos vão eleger a mesa diretora composta por presidentes, diretores e secretários executivos, que ficam nas funções até o ano de 2021. A posse do Conselho Municipal da Mulher contou também com a presença do padre Carlos André, da Paróquia de São Sebastião.