• Ceclin
jun 27, 2019 0 Comentário


Médico é suspeito de tentar estuprar paciente com problemas mentais em Glória do Goitá

A Polícia Civil pediu a prisão preventiva de um médico suspeito de tentar estuprar um paciente diagnosticado com problemas mentais, no município de Glória do Goitá, na Mata Norte pernambucana. As investigações tiveram início em janeiro deste ano. De acordo com o inquérito policial, a vítima é um adolescente e estava em atendimento no momento em que o profissional de saúde tentou praticar o crime sexual.

O caso já foi concluído e encaminhado para análise da Justiça, que vai determinar ou não a prisão preventiva do médico indiciado. O nome do profissional não foi revelado para não expor a vítima da tentativa de estupro.

Esse é o segundo caso de crime sexual registrado pela Polícia Civil de Pernambuco neste ano. Em março, um médico respondeu a um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por suposto crime sexual praticado em Toritama, no Agreste do Estado. Esse caso também está sendo mantido em sigilo pela Justiça.

HOMICÍDIO

Nilton Sebastião dos Santos, de 20 anos, foi executado a tiros  quando estava com amigos num interior de um bar situado na área rural de Glória do Goitá, no último dia 22 de junho.  Dois homens encapuzados invadiram o bar no Sítio Serrinha e efetuaram sete disparos de arma de fogo contra o rapaz. A Polícia Civil de Glória segue com as investigações desse homicídio.