Ceclin
jul 26, 2015 0 Comentário


Médico denuncia péssimas condições de trabalho e sofre perseguição em Lagoa do Itaenga

hospital Municipal de Lagoa do ItaengaNa ultima sexta-feira (24), o Programa Microfone Aberto, apresentado por Israel Silva na Rádio FM de Lagoa do Itaenga, na Zona da Mata, recebeu o Doutor Júnior, cirurgião dentista, profissional que cuida da saúde bucal e tem um trabalho respeitado e reconhecido na região.

Ele fez graves denúncias contra a gestão pública da cidade de Lagoa do Itaenga, no tocante ao descaso e a falta de atenção com a saúde bucal. Casos semelhantes já haviam sido denunciados pelos ouvintes da emissora, a exemplo da falta de condições para anestesia, precários equipamentos ambulatorial, sobretudo para procedimentos odontológicos.

“Situação absurda, sem o mínimo de condições para que os procedimentos sejam realizados. Por conta dessa deficiência da atual gestão, em relação à falta de equipamentos necessários, há um comprometimento no atendimento a população”, relatou. Segundo ele, diversas vezes suas atividades para não serem interrompidas e não deixar seus pacientes desassistidos, o odontólogo trazia equipamentos do seu consultório particular, para exercer suas funções no serviço público.

O Dentista denunciou também que os seus direitos trabalhistas e vencimentos, garantidos por Lei, não estavam sendo respeitados pela atual gestão, que resolveu aplicar procedimentos disciplinares em desfavor do profissional, atestando que é vítima de perseguição por parte da Prefeitura local. Foi relatado ainda que uma funcionária que trabalhava no consultório junto com o médico, foi convidada por alguém da gestão, para criar uma situação e testemunhar contra o doutor, quando a funcionária se recusou dessa prática obscura e acabou sendo demitida pela administração local.

Com a palavra, a Prefeitura de Lagoa do Itaenga.