Ceclin
Maio 31, 2021 0 Comentário


MEC divulga cronograma para Prouni, Sisu e Fies do 2º semestre de 2021

Editais ainda não foram publicados; datas indicam previsão para abrir programas de acesso ao ensino superior.

O Ministério da Educação (MEC) divulgou a previsão de datas para o Programa Universidade para Todos (Prouni), o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), e o Financiamento Estudantil (Fies) do segundo semestre deste ano.

Os editais oficiais ainda não foram publicados. As datas indicam uma previsão para abrir os programas de acesso ao ensino superior.

Confira abaixo as datas anunciadas pelo MEC e, em seguida, o detalhamento por programa:

Prouni: de 13 a 16 de julho
Fies: de 27 a 30 de julho
Sisu: de 3 a 6 de agosto
Vagas remanescentes do Fies: de 8 a 10 de setembro e de 27 a 29 de outubro.

Prouni

O Prouni oferece bolsas de estudos para que estudantes possam arcar com o custo das mensalidades em universidades particulares. Há bolsas integrais, com o valor total, e parciais, de 50%.

Poderá concorrer à bolsa do Prouni quem:

Fez ensino médio em escola pública ou foi bolsista em escola particular
É estudante com deficiência, de escolas públicas e privadas
Não tem diploma de graduação
Fez o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem)
Tirou 450 pontos na média das notas do exame
Não zerou na redação
Tem renda familiar mensal bruta por pessoa de até 1,5 salário mínimo, para bolsa integral
Tem renda familiar mensal bruta, por pessoa, de até 3 salários mínimos para bolsas parciais (50%)
Ser professor da rede pública trabalhando na educação básica – independente da renda.

Fies

O programa de Financiamento Estudantil (Fies) oferece crédito para estudantes pagarem as mensalidades em instituições privadas com juros zero ou variados, conforme a renda do candidato.

Juro zero: voltado a estudantes com renda mensal familiar de um a três salários mínimos;
Juros variados (P-Fies): direcionado a alunos com renda mensal familiar de até cinco salários mínimos.

Sisu 

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) usa a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para selecionar estudantes para vagas em universidades públicas. Mas, por causa da pandemia, o Sisu do primeiro semestre abriu antes da realização do Enem 2020 (que foi feito em março). Os candidatos puderam usar as notas de outras edições do exame.

No segundo semestre, a seleção abrirá em agosto. O MEC ainda não informou quais edições do Enem serão aceitas como nota para a seleção.

G1