Ceclin
mar 03, 2016 0 Comentário


Manifestantes protestam contra aumento de passagem em Água Branca, Vitória

Imagem capture : Tv Vitória

Imagem capture: TV Vitória

Após um ano, manifestantes voltaram a se reunir na quarta-feira (02/03), para protestar contra o aumento da passagem do transporte coletivo que atende aquelas comunidades. O ato se deu no Bairro de Água Branca, área urbana da Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata. O grupo ameaça voltar às ruas caso a linha de ônibus que presta serviço aos usuários de Santana, Militina, Pitada, Água Branca e Cajá não reduzir o preço da tarifa, que aumentou de R$ 1,75 para R$ 2,25. A ação foi monitorada pela Polícia Militar (PM). Os participantes também gritavam palavras de ordem contra o prefeito de Vitória, Elias Lira (PSD).

Segundo a moradora Dolores Fagundes, uma série de fatores também colaborou para o protesto ser realizado. “As ruas aqui de Água Branca estão totalmente sem iluminação, cadê o dinheiro dos nossos impostos? De que forma, tudo que consumimos vai um pedacinho pra mão desses governantes corruptos; fora isso a insegurança, o motivo também dessa roubalheira aqui é a falta de segurança, o desemprego. Se formos falar em Saúde a coisa fica séria amigo, é rir pra não chorar!”, desabafou ao Blog A Voz da Vitória.

A concentração se deu por volta das 16h de ontem onde os manifestantes fecharam o trânsito na principal avenida sentido subúrbio / Centro. A empresa de transporte, detentora da concessão pública desta linha, não se pronunciou.