• Ceclin
mar 03, 2011 0 Comentário


Mais mulheres, salário menor

Pesquisa aponta que escolaridade vira diferencial na busca pelo emprego para ambos os sexos

As mulheres aumentaram a participação no mercado de trabalho na última década, mas enfrentam as maiores taxas de desemprego e ganham menos que os homens. Sem dúvida, obter maior escolaridade é hoje o diferencial na busca por emprego para ambos os sexos. Para o público feminino é fundamental na conquista de espaços. O diploma de nível superior amplia as chances de trabalho e a presença das mulheres em cargos de direção e chefia. É o que mostra o estudo do Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Sócioeconômicos) em comemoração ao dia Internacional da Mulher, comemorado no dia 8 de março.

O estudo traz uma radiografia do mercado de trabalho com um recorte específico para as mulheres com nível superior nas áreas metropolitanas na última década. Os dados são da Pesquisa de Emprego e Desemprego (PED).
Em 2010, a taxa de desemprego total na Região Metropolitana do Recife (RMR) para as mulheres foi de 19,2% e de 13,7% para os homens. Para a ala feminina comdiploma o desemprego cai para 7,1% e no caso masculino sequer chega a pontuar na pesquisa.
Mesmo com nível superior a mulher não garante melhores condições de trabalho e de rendimento. Ainda existe desigualdade em relação aos homens`.
(Diário de Pernambuco).