Ceclin
jul 16, 2020 0 Comentário


Maioria para de estudar após o ensino médio, revela IBGE

Dados mostram que seis em cada dez estudantes não dão sequência aos estudos

Segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Continua: Educação 2019 divulgada na última quarta-feira (15/7) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), seis em cada dez alunos interrompem os estudos após a conclusão do ensino médio.

O levantamento aponta que 13,8 milhões de jovens entre 15 e 29 anos já têm ao menos o ensino médio completo, mas não prosseguiram com os estudos no ensino superior; 44,4% deles argumentaram que precisavam trabalhar e outros 17,5% alegaram falta de recursos. A pesquisa também mostra que o acesso ao ensino superior é predominantemente privado no Brasil. Apenas um quarto dos estudantes de graduação (26,3%) estão matriculados em instituições de ensino superior públicas.

A rede pública de ensino assiste a maior parte dos estudantes brasileiros desde a creche até o ensino médio, período em que a taxa de escolarização da população na faixa etária marcha para níveis de universalização. Em 2019, as instituições públicas agrupavam 74,7% dos alunos na creche e pré-escola, 82% dos estudantes do ensino fundamental e 87,4% dos que cursavam o ensino médio regular.