Ceclin
Maio 11, 2011 0 Comentário


Maioria em situação de miséria é do NE

Aplicando a linha de miséria oficial do país, divulgada na semana passada pelo Governo Federal, os dados do Censo 2010 do IBGE mostram que os grupos mais vulneráveis são as crianças, indígenas e moradores de Estados do Nordeste.
De acordo com critérios do governo, quem vive abaixo da linha de miséria tem renda média domiciliar per capita de até R$ 70. Com base nesse recorte, o IBGE divulgou ontem tabelas que dividem a população por cor ou raça, sexo, idade e condições de domicílio.

O maior número de pessoas em situação de extrema pobreza no Brasil é da cor parda, com 10,054 milhões. Eles representam 62% de um universo composto por 16,2 milhões de habitantes -8,5% da população brasileira atual de 190,7 milhões.

A Bahia é o Estado com maior número absoluto de pessoas em situação de miséria. Mais de 2,4 milhões de pessoas, entre os 16,2 milhões de brasileiros que se encaixam nos critérios do programa Brasil sem Miséria moram no Estado.