Ceclin
dez 18, 2009 1 Comentário


Luciano destaca papel de Pernambuco na construção da história

As lutas libertárias empreendidas pelos pernambucanos e sua importância para a construção da história do Estado e do País e o passado como exemplo a inspirar as lutas do presente foram lembrados pelo vereador recifense Luciano Siqueira (PCdoB) na palestra que proferiu nesta quarta-feira (16), no Teatro Silogeu, em Vitória de Santo Antão. A palestra integra as comemorações dos 150 anos da visita do imperador D. Pedro II e da Princesa Tereza Cristina ao Município, promovidas pelo Instituto Histórico e Geográfico da Vitória de Santo Antão.

“O Estado de Pernambuco tem uma história que abriga parte considerável das lutas que ajudaram a construir o País que somos e a constituir a Nação brasileira”, afirmou o parlamentar, lembrando Frei Caneca e suas vinculações com o ideário da Revolução Francesa, que inspiraram os movimentos libertários do século 19, entre a Revolução Pernambucana de 1817 e a Confederação do Equador, em 1824.

“Tenho tido várias oportunidades de vivenciar que a História tem uma grande importância para a luta do povo de Pernambuco. Os movimentos libertários do século 19, com nítida influência da Revolução Francesa, são pilares da construção da nacionalidade brasileira e servem de lição a inspirar a boa luta do presente. Os mais jovens quando vão ao Recife, ao Pátio de São Pedro não imaginam que estão pisando em um solo sagrado, palco da Revolução Praieira, em 1848.”

Para Luciano Siqueira “deveríamos valorizar mais a Insurreição Pernambucana porque ao enfrentar o Exército holandês, o mais fraco derrotou o mais forte. Como? Os nossos dispunham de poucas armas, mas se uniram em uma frente ampla, com a aliança da classe trabalhadora com os senhores de engenhos, que se uniram em torno de um objetivo maior”, destacou, lembrando que algo semelhante aconteceu na história recente do País, quando uma ampla aliança entre diversos setores da sociedade brasileira oportunizou a eleição do presidente Lula, em 2002. “O passado é, sem dúvida, um exemplo a inspirar as boas lutas do presente”, concluiu.

Ele considerou que as reais contradições pontualmente prementes hoje em alguns setores da sociedade brasileira é sinal de que não entenderam a lição da história. “A história brasileira ensina que se obtém êxito quando caminham para unir-se em um único objetivo maior”, ressaltou. Para ele há um processo civilizatório impregnado na história brasileira. “Penso que a primeira é a nossa consolidação como nação; a segunda a conquista da democracia; a terceira seria as conquistas sociais estabelecidas no País”, ponderou.

A programação dos 150 anos da visita Imperial à Vitória, promovida como resgate da memória histórica da nossa cidade pelo Instituto, continua no próximo sábado (19), com a realização do Baile Imperial no Clube Pitú em Folia. Senha para o Baile e Jantar podem ser adquiridos na Sede do Instituto Histórico, situado na Rua Imperial – Centro. Confira as fotos…