Ceclin
out 24, 2009 6 Comentários


Lider do governo na Câmara presta esclarecimentos a Pombos

Na noite da quinta-feira (23), a Câmara de Vereadores da cidade de Pombos realizou mais uma Sessão ordinária. Após a chamada dos vereadores e registrada a falta dos parlamentares Luiz Baé (PTB), Murilo Força Jovem (PR) e Neide de Roque (PMN), o Presidente da Casa Legislativa vereador Marcos de Porteira (PCdoB) declarou aberta a Sessão e solicitou que fosse feita a leitura da ata anterior que posteriormente foi aprovada por todos sem restrições.

Dando seqüência ao expediente, foi apresentado o projeto de Lei nº 020/2009, acompanhado de um parecer técnico elaborado pelo Dr. Ozias Valentim, solicitando a doação à empresa GG. e Silva ME de um terreno no pólo industrial localizado as margens da BR 232 que corta Pombos.
O terreno de 6.360m² situado no lote 5 será utilizado para construção de uma fábrica de almofadas, travesseiros e reciclagem de fibra de poliéster.
Segundo a Prefeita de Pombos, Jane Povão (PR), que enviou este Projeto, o intuito dessa doação é fomentar o desenvolvimento da cidade gerando empregos e atraindo novos investimentos para o Município.
A empresa contemplada fica com o compromisso de no prazo máximo de seis meses iniciar a construção da fábrica e assumir os encargos tributários que incidam sobre o terreno, o não cumprimento com o risco do cancelamento da doação sem direito a qualquer indenização.

Finalizando o grande expediente, houve a votação e aprovação do Projeto de Lei enviado pelo Executivo a Câmara de Vereadores. Logo, os vereadores fizeram uso da tribuna para comentários pessoais e prestação de esclarecimentos para a plateia que se fazia presente na Casa.

O vereador Beto da Ambulância (PR), fazendo uso de seu tempo, aproveitou para esclarecer a população pombense que os prédios dos colégios de Miringaba e Lagoa Cercada não foram derrubados pela gestão atual e sim por depredações promovidas pela população da região que retirou os materiais para reparar suas próprias casas.

Segundo o vereador, a depredação começou a ser feita em meados da gestão passada e devido ao fato dos prédios estarem fechados e serem localizados longe da cidade, ainda por não possuir uma vigilância, ficaram a mercê de depredadores.
Continuando, o vereador solicitou que fosse enviado um ofício a Secretaria de Saúde do Município convidando o Secretário para comparecer a Casa legislativa a fim de responder sobre as aplicações dos recursos enviados para sua Secretaria.

Ao ser comunicado pelo presidente da Câmara que a vereadora Neide de Roque já havia enviado um ofício há dias atrás para a secretaria, pelo qual até então não foi obtida nenhuma resposta. Na oportunidade, Beto da Ambulância solicitou a Casa, que fosse enviado um outro ofício em seu nome e caso não fosse atendido iria solicitar uma audiência pública para que o mesmo venha a Câmara prestar contas a população dos recursos destinados à saúde.

A respeito da doação do terreno, o vereador comentou que desde a gestão anterior essa foi a primeiros vez que se doa um terreno para se instalar uma fábrica em Pombos.
“Temos a fábrica de pré-moldados e agora a de travesseiros e almofadas. Se não fosse a falta de apoio da anterior gestão municipal e estadual, no tocante as indústrias, teríamos ainda aqui a Pedreira do colega vereador Genário e talvez a usina ainda estivesse em atividade”, comentou Beto.

Para o vereador Chalegre (PMN), este ressaltou a impotância desta doação, mencionando que devido a carência de empregos que tem o município toda a oportunidade deve ser aproveitada. O vereador lembrou também da fábrica de medicamentos que foi instalada em Pombos e dos empregos que foram gerados pela empresa

“Todo ano pessoas se formam na cidade e tentam entrar no mercado de trabalho, mas devido a situação atual, poucas pessoas tem chance de entrar no mercado de trabalho e tentam em municípios vizinhos ou ficam na esperança que apareça alguma vaga na Prefeitura”, lamentou.

Não tendo mais parlamentares escritos para o tempo livre, o Presidente da Câmara encerrou a Sessão convidando a todos para estarem presentes na próxima quinta-feira.


por Orlando Leite.