Ceclin
mar 05, 2008 3 Comentários


Leia a Liminar proibindo construção na Linha Férrea

Com exclusividade, este Blog e o Programa A VOZ DA VITÓRIA noticiam o despacho do Dr. Gabriel José Queiroz Neto, Juiz Federal Substituto da 6ª Vara da Justiça Federal de Pernambuco, que concedeu Liminar a favor da Companhia Ferroviária do Nordeste (CFN) suspendendo todas as intervenções ou obras que estão sendo executadas no perímetro da terra da União, o qual perpassa as linhas e dormentes da malha ferroviária concedida a CFN. A Prefeitura Municipal da Vitória (PMV), caso descumpra, está passível de ser multada diariamente com o valor de R$ 3.000,00 (três mil reais).

A Produção do Programa esteve ao vivo na Rua Eurico Valois (Estrada Nova), local pelo qual há uma forte concentração de obras no terreno da CFN, os quais alguns comerciantes questionavam a decisão do governo municipal em ceder o que não é seu. Teve ainda um proprietário de uma das construções, que não quis se identificar, o qual declarou que já chegou a investir na construção do seu prédio o valor de R$ 35.000,00 e está apreensivo do que vem ocorrer daqui em diante. Afirmou ainda que a PMV doou o terreno de “boca”, ou seja, não há escritura ou qualquer tipo de orientação para esta intervenção urbana.
Tal ação informal, fora dos padrões da gestão pública, foi um dos motivos fundamentais para a queda do muro do Cemitério São Sebastião, que caiu sob casas construídas irregularmente no mesmo local mencionado, depois de uma forte chuva que caiu na cidade no dia 24 de janeiro de 2008. Decorridos, certamente, da retirada de barro do morro que cercava a malha ferroviária da Avenida Miguel Arraes, na altura do único cemitério da cidade, do qual é vizinho.

O BLOG AQUI NOTICIOU E AGORA COMPROVAMOS, leia o despacho do Juiz Federal:

Selecione o ZOOM para facilitar leitura.
Reportagem: Lissandro Nascimento.
Colaborou: Wilson Alwarenga.