Ceclin
Maio 24, 2016 0 Comentário


Justiça recebe nova denúncia contra gestão de Bruno Martiniano em Gravatá

37556614-300x225

PROCESSO MOVIDO PELO MINISTÉRIO PÚBLICO JÁ ESTÁ EM GABINETE DE DESEMBARGADOR DO TJPE (FOTO: ILUSTRAÇÃO/ARQUIVO)

 

Mais um episódio envolvendo o prefeito afastado de Gravatá, Bruno Martiniano (PTdoB), chegou ao Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE). Neste fatídico episódio também envolve outros ordenadores de despesa da gestão, a exemplo da primeira-dama Paula Regina Carvalho Martiniano Lins, a ex-secretária de Saúde Aglaine Oliveira, os ex-secretários Ivan Simões de Medeiros, Denis Oliveira, Rosineide Raimundo Roque, Gabriel Uchoa, Marcelo Cruz e Marcelo Gastón. O processo faz parte de procedimento investigatório movido pelo Ministério Público de Pernambuco (MPPE) sob possível  crime de responsabilidade.

As peças do processo foram juntadas na seção criminal do TJPE com vistas ao desembargador Carlos Frederico Gonçalves de Morais. O procedimento também está sendo acompanhado pelo Procurador-Geral de Justiça do Estado, Dr. Carlos Augusto Arruda Guerra de Holanda.

Gravatá Notícias