Ceclin
ago 28, 2012 1 Comentário


Justiça Eleitoral realiza audiência com a imprensa da Vitória de Santo Antão

( Fotos: José Sebastian)

O Juiz da 018ª Zona Eleitoral da Vitória de Santo Antão, Breno Duarte, reuniu na tarde dessa segunda-feira (26), os representantes das emissoras de rádio e TV do município para uma audiência visando orientar aos comunicadores a cautela que deve ser dispensada ao pleito eleitoral, fazendo recomendações e respondendo as dúvidas pertinentes à eleição. O objetivo é evitar que se repitam os atos de vandalismos registrados no final da apuração dos votos nas eleições de 2008, transformando o Centro de Vitória em um palco de guerra.

Breno Duarte destacou o fato de o município estar preparado para que o pleito ocorra normalmente, pois as coligações e os eleitores estão sendo conscientizados e obedecendo as recomendações da Justiça Eleitoral. Destacou o fato dos candidatos só realizarem atos de grande massa em dias alternados, evitando tumultos.

A Justiça Eleitoral, em conjunto com o Ministério Público, a Polícia Militar e Civil, estão envolvidos no processo de fiscalização, entendendo que a população tem um papel importante no intuito de contribuir com a transparência eleitoral. “O clima em Vitória é de tranquilidade e de ordem. A Justiça Eleitoral vai continuar dessa forma até a proclamação dos eleitos”, previu.

O Comandante do 21º BPM, Coronel Batista, ressaltou que o movimento na Av. Mariana Amália está fluindo de forma bastante satisfatória, pois não existe mais carros de som de campanha. “Com isso o tráfego desses veículos diminuem bastante, aliviando a exausta movimentação”. Ele afirmou também que será montada uma significativa guarnição da Polícia, afim de se evitar transtornos no dia da eleição. “Estamos agilizando reforço policial que possa vir de outras cidades, para que a eleição do município ocorra normalmente, pois a concentração de eleitores apenas não ocorre no Centro, mas em outras localidades”, analisou.

A Promotora Eleitoral, Joana Cavalcanti, reforça que os acordos fechados com as Coligações partidárias, têm sido de vital importância para esta normalidade, afirmando que os problemas inicialmente encontrados (volume excessivo dos carros de propaganda), possam ser enquadrados de acordo com a legislação. “A fiscalização está sendo rígida. Em uma última operação realizada em Vitória verificamos vários veículos de propaganda na Av. Mariana Amália. Eles estavam emitindo sonoridade abaixo do permitido. Apenas um caso de notificação ocorreu, mas longe do Centro da Cidade”, finalizou.

A Justiça Eleitoral só esqueceu-se de convidar oficialmente os que fazem os Blog’s e portais de notícias da cidade, os quais têm cumprido diariamente um papel importante na divulgação dos fatos. Preferiu tão somente convidar a mídia tradicional.