Ceclin
set 18, 2017 0 Comentário


Jornalista Alexandre Farias passa por cirurgia e está em coma induzido

Alexandre Farias

Natural de Escada, apresentador do ABTV 2ª edição, da TV Asa Branca, foi vítima de bala perdida quando estava voltando pra casa na noite do sábado (16) no Alto do Moura em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. 

com informações G1 Caruaru

O jornalista Alexandre Farias, que foi vítima de uma bala perdida na noite do sábado (16/9) no Alto do Moura, em Caruaru, no Agreste de Pernambuco, passou por procedimentos cirúrgicos na madrugada do domingo (17) e está em coma induzido. De acordo com a Unimed, a cirurgia durou em média 4 horas. O estado de saúde é grave e o coma deve durar de três a quatro dias.

De acordo com o neurocirurgião Ronaldo Neves, o jornalista foi operado em tempo hábil. “O tipo de trauma craniano que ele sofreu é grave. O dano cerebral é bem difuso, ele chegou em uma escala de coma bem rebaixado. Ainda há viabilidade neurológica. Nesta fase, vamos deixar ele dormindo sedado para o cérebro descansar e diminuir o metabolismo cerebral, já que o cérebro foi agredido e está inchado. A expectativa é positiva. Não vamos perder a esperança”, afirma o médico.

“É muito cedo falar em sequelas, é precoce. Só teremos uma avaliação detalhada nos próximos dias quando ele for despertado. No mínimo depois de 72, 96 horas. A possibilidade que ele viva é grande”, finalizou o neurocirurgião.

Entenda o caso
O apresentador do ABTV 2ª edição, da TV Asa Branca, foi vítima de uma bala perdida na noite do sábado (16) no bairro Alto do Moura em Caruaru. O ator e jornalista tinha apresentado o telejornal e quando saiu foi jantar num supermercado da cidade. Ele ia para a casa dele quando foi atingido por um disparo na cabeça. De acordo com informações da Polícia Militar, assaltantes estavam em um carro roubado quando houve perseguição e troca de tiros.

Na fuga, os bandidos ainda atropelaram os socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que estavam em uma ocorrência no local. Uma das auxiliares de enfermagem foi atingida. Alexandre Farias foi socorrido em estado grave para o Hospital Regional do Agreste (HRA) e em seguida transferido para Hospital Unimed, também em Caruaru.

Polícia vai dar prioridade às investigações do Caso Alexandre Farias Foto: Geraldo Mendonça/TV Jornal Caruaru

Polícia vai dar prioridade às investigações do Caso Alexandre Farias. Foto: Geraldo Mendonça/TV Jornal Caruaru

As polícias Civil e Militar de Pernambuco reúnem esforços para localizar os envolvidos de participar do tiroteio que feriu o jornalista Alexandre Farias em Caruaru na noite do sábado (16). Em entrevista coletiva no domingo (17), o delegado Bruno Vital afirmou que imagens estão sendo coletadas e que até as investigações de outros crimes estão tendo que esperar, em razão do caso do apresentador da TV Asa Branca. “O momento agora é de muito trabalho, estamos inclusive deixando de fazer outros locais de crime, de homicídio na região, para reunir esforços no caso do apresentador”, disse Bruno Vital, ao lado do Coronel Ely Jobson Jobson, do 4º Batalhão de Polícia Militar de Pernambuco.

O delegado afirmou que, neste processo de apuração, além de imagens coletadas, oitivas estão sendo convocadas, inclusive com os proprietários do veículo roubado onde os suspeitos de envolvimento no tiroteio estavam.

O Tiro contra Alexandre
De acordo com o delegado “tudo indica” que o tiro que atingiu Alexandre Farias foi disparo pelos ocupantes do carro que estava sendo abordado pela PM. “Ainda precisamos da confirmação da perícia do IC, mas, tudo indica, pela dinâmica dos disparos na viatura, que os disparos vieram dos marginais. O sentido é de frente para traz, o disparo transfixou o parabrisa e atingiu a região da cabeça do apresentador”, analisou Vital.

Dinâmica do crime
O delegado explicou que a confusão se deu a partir de uma ocorrência do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU), que atendia uma vítima de um atropelamento. Neste momento, o carro roubado onde os suspeitos estavam, um Corolla, precisou parar porque a rua estava interditada para o socorro das vítimas.

Em seguida, os policiais militares pararam para abordar os ocupantes do veículo e Alexandre Farias, que vinha logo atrás, estacionou em seguida. Com a abordagem policial, os ocupantes do Corolla reagiram fugindo e disparando contra o efetivo. Na fuga, os suspeitos atropelaram dois socorristas do SAMU e um dos disparos atingiu o apresentador que ia para casa.